CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 155.2019 Hora: 19:32 Fase: OD
Orador: BIBO NUNES, PSL-RS Data: 17/06/2019

O SR. BIBO NUNES (PSL - RS. Como Líder. Sem revisão do orador.) - Exma. Presidente, nobres colegas, é uma honra estar nesta tribuna.

Há poucos instantes, eu voltei do Palácio do Planalto, onde o nosso competente Presidente Bolsonaro assinou uma medida provisória que determina que todos os bens que forem pegos de traficantes serão vendidos ou utilizados pela sociedade. Queiram ou não, a corrupção será varrida deste País.

O que falam contra Moro é totalmente infundado, fundamentos fake, fake news. Nada comprova as relações falsas que estão divulgando por aí.

Em compensação, nesse fim de semana, eu fui a Santa Maria com o Presidente Bolsonaro. No trajeto de 5 quilômetros do aeroporto até o quartel, as ruas estavam lotadas de cidadãos e cidadãs vestindo a camisa brasileira. A bandeira brasileira estava tremulando, havia pessoas com flâmulas verdes, amarelas, azuis. Essa é a verdadeira pesquisa, não é a do "Datafoice", do "Datafake". A popularidade do nosso Presidente está nas ruas. Essa é a realidade. E eles vêm com fake, como falam o PT e seus asseclas.

Agora me admiro de eles virem falar aqui. Por favor, por favor! Querem me convencer de que a galinha é que come a raposa. O mundo de vocês está do avesso. Falar em BNDES? Quem é o PT para falar em BNDES? O que é isso? Com o PT, no BNDES, simplesmente acabaram com quase 200 bilhões de dólares. Sabem qual era o critério para doar o dinheiro do BNDES? É que fosse um país com viés comunista, socialista. E qual era a garantia? Nada.

Há poucos dias, a Venezuela declarou moratória de 1,2 bilhão de dólares com um metrô que era para ser dos mais modernos da América Latina, mas que até hoje não terminaram e disseram que não vão pagar ao Brasil. Enquanto isso, nós - eu sou de Porto Alegre - queríamos fazer não um pequeno, mas um nanometrô em Porto Alegre, e não havia dinheiro: "Não, para Porto Alegre não há dinheiro". Por quê? Porque o dinheiro do BNDES estava sendo doado ou tinha viés da doação em "empréstimo" - entre aspas, com aspas -, com o critério de que fossem comunistas.

Vem agora a Oposição se preocupar com o BNDES? Estão de brincadeira? O que é isso? Não sabem o que é moral, o que é respeito, o que é honra e dignidade? Estão de brincadeira? Acabou o tempo das raposas felpudas nesta Casa. Urubus de plantão com olhos na nuca serão dizimados da vida política, porque hoje o bem é que impera. A verdade é que tanto dói a quem vive baseado em mentiras.

Vejam V.Exas.: se eu fosse acreditar em fake news, estaria aqui dizendo que um Deputado vendeu o seu mandato por 700 mil dólares e uma mesada de 10 mil dólares.

Mas, não, eu não acredito porque eu não tenho provas. Eu não digo coisas fake; eu digo a verdade. E a verdade dói, principalmente, em pessoas que não têm amor pela Pátria, em Parlamentares contra tudo e a favor de nada, do "quanto pior, melhor". Qual é o sentimento que têm pelo Brasil?

Um dia desses, vou escolher um Deputado da Oposição - não sei se, de acordo com o Regimento, eu posso fazer isso - e oferecer o meu salário inteiro se o Deputado que eu escolher souber cantar o Hino Nacional.

Não sabem cantar o Hino Nacional! Eles não usam as cores verde e amarela. Eles têm vergonha do País. Eles querem que tremule aqui uma bandeira vermelha, mas isso jamais vai acontecer! Nós estamos aqui há tanto por um Brasil melhor. Queiram ou não, o Brasil vai prosperar.

Nós estamos hoje na OCDE entre os 35 países mais importantes do mundo. Hoje a nossa parceria é com Estados Unidos, é com França, é com Inglaterra, é com Israel, enquanto antigamente os urubus de plantão tinham como referência Venezuela, Cuba, Bolívia, Irã e o submundo da política. São pessoas que ainda acreditam no socialismo, profetas do passado, que não terão futuro algum daqui para frente, porque hoje nós estamos aqui baseados na verdade.

Da bancada do PSL não se tem nada a falar de qualquer Parlamentar. Nós estamos aqui defendendo uma causa, nós estamos com sangue verde e amarelo, porque nós queremos que o nosso Brasil cresça. E há essa ideologia do "quanto pior, melhor". Há Deputada que vem aqui dar uma de bailarina na tribuna, a Deputada "que cai", que, muitas vezes, inclusive, está enrolada com a Justiça. Há outra Deputada nas barras dos tribunais, cujo marido esteve hoje aqui, na CPI do BNDES, e já esteve preso o ex-Ministro. E vêm aqui falar em moral, em verdade?

Quando fala Moro, segundo disseram, que vai limpar a Câmara Federal, eles ficam preocupados, se ofendem. Eu quero que Moro limpe a Câmara, que limpe o Senado, que limpe todo o Congresso, porque pessoas de bem, como nós do PSL e de partidos aliados, não têm nada a esconder. Venham! Nós somos cidadãos de bem, nada temos a esconder. Nunca usurpamos nada do povo brasileiro. Nós temos amor por esta Pátria, e é com esse sentimento que nós vamos em frente, adiante, por um Brasil para orgulhar todos os brasileiros. E os urubus de plantão, com os seus olhos na nuca, estão com os dias contados.

Eu constatei isso em Santa Maria, onde havia milhares e milhares de pessoas nas ruas nesse sábado. Essa é verdade, é a voz do povo. Isso ninguém cala, nem aqui os que vêm dar uma de defensores do máximo que pode existir de honestidade, quando estão recebendo e inscritos nesta aposentadoria que beneficia quem defende tanto o povo.

Só para concluir, nobre Presidente, quem defende o povo, como eu ouvi Líder aqui falando, quem defende o povo...

(Desligamento automático do microfone.)