CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 148.2021 Hora: 14:04 Fase: BC
Orador: RICARDO SILVA, PSB-SP Data: 30/11/2021

O SR. RICARDO SILVA (PSB - SP. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, nobres colegas Deputados e Deputadas, eu subo a esta tribuna, primeiro, para fazer uma manifestação honrosa sobre um grande amigo do Estado de São Paulo, um dos maiores expoentes na defesa da medicina de tráfego do nosso País: o Dr. Roberto Douglas.

Estou conversando com o Dr. Roberto sobre a defesa da medicina de tráfego e da psicologia de trânsito. Estive hoje falando com o Alan Lopes, que é o Chefe de Gabinete do Ministro Tarcísio - aliás, o Alan tem feito um trabalho notável à frente do Ministério e está de parabéns -, para que marque mais uma agenda para a retomada do diálogo dos médicos de tráfego e dos psicólogos de trânsito com o Ministério da Infraestrutura. Uma reunião muito importante já aconteceu com o Ministro Tarcísio numa primeira oportunidade, e, agora, vamos retomar esse diálogo.

Presidente, a preocupação que eu manifesto nesta tribuna e para a qual chamo a atenção de todos os Deputados e Deputadas é com a situação do aposentado e do pensionista.

Esta Casa aprovou, na Comissão de Finanças e Tributação, o projeto que institui o 14º salário para aposentados e pensionistas, para beneficiar pessoas idosas que não receberam nenhum centavo de ajuda de nenhuma esfera de governo deste País. Depois das discussões na Comissão, aprovamos o relatório do Deputado Fábio Mitidieri por unanimidade. A Comissão de Finanças, para deixar bem claro para o povo brasileiro, é a Comissão que avalia se há ou não dinheiro para custear o projeto. Nós apontamos a fonte de custeio, tanto que o projeto foi aprovado na Comissão de Finanças. Agora ele vai para a Comissão de Constituição e Justiça, mas eu estou ouvindo rumores de que o projeto pode não ser votado lá.

Será que esta Casa está querendo enganar a pessoa idosa? Eu não quero acreditar nisso, porque os idosos já estão comemorando nas redes sociais. Eu estou com pena, estou com dó deles, porque, quando os idosos viram que o projeto foi aprovado na Comissão de Finanças e Tributação, logo acendeu neles a luz da esperança. Eu dei a notícia a todos numa live pelo Facebook, que já está com milhões de acessos. Os idosos estão acompanhando passo a passo. Nós não podemos perder a esperança, não. E nós vamos cobrar. Eu sou membro efetivo da Comissão de Constituição e Justiça. É preciso nomear um Relator rápido. Faço um apelo à Presidente Bia Kicis para que nomeie rápido um Relator para esse projeto.

Presidente, peço mais 30 segundos para concluir, por favor.

Os idosos estão perguntando pelas redes sociais sobre essa aprovação. Estão iludidos, e com razão, porque, quando esta Casa aprovou o relatório na Comissão de Finanças, mandou o recado de que o negócio poderia vingar - e é para vingar, deve vingar! Agora estão perguntando se vão receber este ano ou só no ano que vem. Já há muitas pessoas desesperadas neste fim de ano. Nós não podemos conviver com a covardia neste Parlamento. Trata-se de priorizar a pessoa idosa, o aposentado e o pensionista.

Peço que o meu discurso seja divulgado no programa A Voz do Brasil, Presidente.

Obrigado.