CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 039.2.55.O Hora: 13:30 Fase: BC
Orador: ALEXANDRE VALLE, PR-RJ Data: 16/03/2016

PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO À MESA PARA PUBLICAÇÃO
O SR. ALEXANDRE VALLE
(Bloco/PR-RJ. Pronunciamento encaminhado pelo orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, como principal representante do Município de Itaguaí e cidades vizinhas na Câmara dos Deputados, eu venho à tribuna para relatar a grande preocupação dos moradores com a escalada da violência na região.
De acordo com o Instituto de Segurança Pública do Estado do Rio de Janeiro, é crescente o aumento do número de roubo de veículos e de crimes de rua, como furtos e roubos a transeuntes, na área do 24º Batalhão da Polícia Militar. O Batalhão, sediado em Queimados, é responsável também pelo policiamento em Itaguaí, Japeri, Paracambi e Seropédica.
Todas essas cidades juntas têm mais de 492 mil habitantes. No entanto, são menos de 500 policiais militares para o patrulhamento dos cinco Municípios. Número insuficiente para proporcionar segurança aos moradores.
Moro em Itaguaí e reforço, novamente, os sucessivos apelos feitos ao Governador do Estado do Rio de Janeiro e ao Secretário de Segurança para a efetivação de ações que possam resgatar a tranquilidade das pessoas ao andarem nas ruas. Hoje, até mesmo à luz do dia o medo predomina.
Não basta apenas aumentar o efetivo policial ou cumprir a Resolução nº 814, de 2 de outubro de 2014, de criação do 42º Batalhão de Polícia Militar no Município de Itaguaí. É preciso normalizar os pagamentos e os demais incentivos que as Polícias Militar e Civil perderam momentaneamente devido à crise financeira enfrentada pelo Estado e motivar novamente as polícias
, de forma que policiais militares e civis possam ter a tranquilidade necessária para realizar suas funções e ter totais condições para intensificar o trabalho de redução da criminalidade.
Também é necessária a mobilização das Prefeituras e do empresariado, no sentido de unirem forças em prol da segurança pública. Ou seja, é preciso coibir o crescimento desordenado, melhorar a iluminação pública, a saúde, oferecer oportunidades de educação e emprego a toda a população, em especial à juventude, pois sabemos o quanto tem crescido a apreensão de menores que cometem crimes.
Srs
. Deputados, Sras. Deputadas, com a realização dos Jogos Olímpicos, os moradores de Itaguaí e Municípios vizinhos temem um esvaziamento ainda maior da segurança pública na região. Não podemos permitir que isso aconteça. Não podemos assistir passivamente à violência prosperar em diversas frentes, incluindo tráfico de drogas e ação de milícias.
Até mesmo o Arco Metropolitano, tão importante para o desenvolvimento da região da Baixada Fluminense está abandonado. Nessa rodovia, que liga Duque de Caxias ao Porto de Itaguaí, é crescente o número de roubos. O crescimento econômico não pode ser freado pela criminalidade. As empresas vêm se instalando ao redor do Arco
. Teremos um aumento significativo de mão de obra e cargas que passam pela via. Precisamos de um olhar estratégico para a segurança nas cidades do entorno do Arco Metropolitano.
Era o que eu tinha a dizer hoje.

Muito obrigado pela atenção.