CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 013.1.54.O Hora: 18h42 Fase: OD
  Data: 16/2/2011

Sumário

Posicionamento favorável do PT à Emenda de Plenário 1, destacada, ao Projeto de Lei 382 de 2011 (Dispõe sobre o valor do salário mínimo em 2011, a sua política de valorização de longo prazo, e disciplina a representação fiscal para fins penais nos casos em que houve parcelamento do crédito tributário), que eleva o valor do salário mínimo para 600 reais.

O SR. PAULO TEIXEIRA (PT-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, o PT convida todos os seus Parlamentares para votar "não", que é a afirmação da política bem-sucedida de desenvolvimento, de geração de empregos, de distribuição de renda.
É verdade que o PT sabe que o salário mínimo distribui renda, dá poder de compra aos trabalhadores, e gostou de ver o discurso de alguns Deputados que, mesmo participando de governos que não conseguiram praticar isso, puderam ver que o Governo do PT e seus aliados conseguiu praticar o aumento real do salário mínimo e sua valorização.
Por isso, convido todos os Deputados do PT e da base para votar "não" nesta votação. Aproveito para parabenizar o Deputado Vicentinho, Relator desta matéria, grande sindicalista, homem de coragem, que conhece e vem do mundo do trabalho, representa com dignidade, Deputado...
(O microfone é desligado.)



PROJETO DE LEI, REAJUSTE, VALOR, SALÁRIO MÍNIMO, ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR, INPC, POLÍTICA, VALORIZAÇÃO, LONGO PRAZO, DISCIPLINAMENTO, REPRESENTAÇÃO, NATUREZA FISCAL, PENALIDADE, PARCELAMENTO, CRÉDITO TRIBUTÁRIO. EMENDA, DESTAQUE, AUMENTO, ÍNDICE, REAJUSTE, SALÁRIO MÍNIMO, VOTO FAVORÁVEL ,PARTIDO POLÍTICO, PT.
oculta