CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 011.1.54.O Hora: 19h34 Fase: OD
  Data: 15/2/2011

Sumário

Convocação dos Deputados do PT e da base governista ao plenário para votação do Requerimento de regime de urgência urgentíssima para o Projeto de Lei 382 de 2011 (Dispõe sobre o valor do salário mínimo em 2011, a sua política de valorização de longo prazo, e disciplina a representação fiscal para fins penais nos casos em que houve parcelamento do crédito tributário).

O SR. PAULO TEIXEIRA (PT-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, quero convidar todos os Deputados do Partido dos Trabalhadores e da base do Governo para virem ao plenário votar "sim", porque nós queremos a manutenção da política de valorização do salário mínimo, uma das principais responsáveis pela construção desse mercado interno de massas, pela transferência de renda para os mais pobres, pela geração de 14 milhões de empregos no Brasil, pelo crescimento da economia.
O salário mínimo, que teve um ganho real de 54%, terá um ganho real, daqui a 10 meses, de mais 14%. Totalizará, em janeiro de 2012, R$ 616,00.
Por isso, dirijo um convite a todos os Parlamentares do PT e da base. Hoje o PT, unanimemente, em reunião interna, tirou a deliberação favorável...
(O microfone é desligado.) 




PROJETO DE LEI, REAJUSTE, VALOR, SALÁRIO MÍNIMO, ÍNDICE NACIONAL DE PREÇOS AO CONSUMIDOR, INPC, POLÍTICA, VALORIZAÇÃO, LONGO PRAZO, DISCIPLINAMENTO, REPRESENTAÇÃO, NATUREZA FISCAL, PENALIDADE, PARCELAMENTO, CRÉDITO TRIBUTÁRIO, REQUERIMENTO, REGIME DE URGÊNCIA, DEPUTADO FEDERAL, PARTIDO POLÍTICO, PT, BASE DE APOIO, GOVERNO FEDERAL, PLENÁRIO, VOTAÇÃO.
oculta