CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 005.1.54.O Hora: 15h26 Fase: PE
  Data: 09/02/2011

Sumário

Transcurso do 117º aniversário do Cerco ocorrido durante a Revolução Federalista, no Município da Lapa, Estado do Paraná. Realização do Show Rural, no Município de Cascavel.

O SR. EDUARDO SCIARRA (DEM-PR. Sem revisão do orador.) - Sra. Presidenta, Sras. e Srs. Deputados, nesta quarta-feira, dia 9 de fevereiro de 2011, serão comemorado os 117 anos do Cerco da Lapa, episódio ocorrido durante a Revolução Federalista, em 1894, quando a cidade de Lapa, no Estado do Paraná, tornou-se arena de sangrento confronto entre as tropas republicanas, os chamados pica-paus, legalistas, chefiadas pelo General Antônio Ernesto Gomes Carneiro, e os maragatos, federalistas, membros do Exército Libertador, comandados por Gumercindo Saraiva, contrários ao sistema presidencialista de governo.
Lapa resistiu bravamente até que os lapianos caíram exangues em combate. Resistiram ao cerco por 26 dias, mas sucumbiram ante o exército federalista, que era muito maior.
A batalha deu ao Marechal Floriano Peixoto, Chefe da República, tempo suficiente para reunir forças e deter as tropas federalistas. Ao todo, foram 639 homens entre forças regulares e civis voluntários, lutando contra as forças revolucionárias formadas por 3 mil combatentes. Os restos mortais do General Carneiro, assim como os de muitos outros que tombaram durante a resistência, estão sepultados no Panteão dos Heróis, vigiados permanentemente por uma guarda de honra do Exército Brasileiro.
Devido ao seu rico patrimônio histórico e cultural, um dos mais importantes e conservados da Região Sul do Brasil, a cidade de Lapa foi eleita a Capital Brasileira da Cultura para 2011 pelo Bureau Internacional de Capitais Culturais, que tem sede em Barcelona, na Espanha, e pela ONG Capital Brasileira da Cultura, entidade responsável pela promoção e gestão desse título no Brasil.
Lapa será a sexta cidade a conquistar tal título, que já foi concedido em 2006 para Olinda, Pernambuco; em 2007 para São João Dei Rey, Minas Gerais; em 2008 para Caxias do Sul, Rio Grande do Sul; em 2009 para São Luís, Maranhão, e que tem Ribeirão Preto,
no interior de São Paulo, como atual detentora do diploma de Capital Brasileira da Cultura.
Com aproximadamente 42 mil habitantes e situada a 62 quilômetros de Curitiba, a cidade possui em seu centro histórico 235 edifícios tombados pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN, com destaque para o conjunto arquitetônico da antiga Rua do Cotovelo, o Theatro São João, um dos mais antigos do Brasil, o Museu de Armas, a Casa Lacerda, a Casa Vermelha e o Museu Histórico, entre outros pontos de atração. No patrimônio cultural imaterial, destacam-se as Congadas, a Noite Lapiana e as diversas festas religiosas e populares, além da gastronomia influenciada pelo movimento tropeirista.
Para concluir, Sr. Presidente, quero também registrar que esta semana estamos vivendo em Cascavel, cidade do oeste do Paraná, o Show Rural, maior mostra tecnológica do País na área do agronegócio. A COOPAVEL, cooperativa que organiza o evento, está de parabéns, da mesma forma que todo o cooperativismo paranaense, pelos resultados expressivos conquistados ao longo dos últimos anos.
Muito obrigado.



CERCO DA LAPA, REVOLUÇÃO FEDERALISTA, MUNICÍPIO, LAPA, PR, ANIVERSÁRIO. MUNICÍPIO, LAPA, PR, PATRIMÔNIO HISTÓRICO, PATRIMÔNIO CULTURAL, ELEIÇÃO, ORGANIZAÇÃO INTERNACIONAL, BUREAU INTERNACIONAL DE CAPITAIS CULTURAIS, CAPITAL BRASILEIRA DA CULTURA.
oculta