CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com redação final
Sessão: 393.1.55.O Hora: 16:48 Fase: GE
Orador: VICENTINHO Data: 15/12/2015




O SR. PRESIDENTE (Mauro Pereira) - Concedo a palavra ao Deputado Vicentinho, do PT de São Paulo, por 1 minuto.
O SR. VICENTINHO (PT-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, neste final de semana, eu tive a oportunidade de percorrer vários lugares nos quais havia metalúrgicos, químicos, trabalhadores de vários movimentos sociais e de lutas nos bairros também.
Estive na Vila Lulaldo, localizada em um bairro de São Bernardo do Campo muito importante e de luta, com gente boa, gente humilde, gente guerreira. Estive no bairro Billings Park, localizado do outro lado da balsa —para quem conhece a Represa Billings —, um lugar em que o povo está conquistando aos poucos seu espaço e melhores condições de vida. Também estive em Suzano, no lançamento da pré-candidatura do nosso querido companheiro Luizinho. E, com esses com quem tenho dialogado, tenho sentido posições muito firmes nessa questão do impeachment.
Quero mandar um abraço para Noélia do Billings Park, na Represa Billings, que é a presidente da associação; para o Chicão, um grande líder, e para o Wagner Lino. Todos eles dizem para nós o seguinte: Vocês podem até não gostar da Presidenta Dilma; eu gosto; vocês podem até não ter votado nela; eu votei; vocês podem até ter divergência com o meu partido.
Nós temos que corrigir uma série de erros e acertar osponteiros. Pode-se entender que o impeachment seja um procedimento dentro do sistema, dentro da lei, maso que o povo tem dito para nós, e graças eu os tenho compreendido, querida companheira Deputada Jô Moraes, é: golpe, não!
Da maneira como esse impeachment vem sendo desenhado, caracteriza-se golpe daqueles que não aceitaram o resultado das eleições, daqueles que efetivamente não permitem que o processo continue. Nós podemos errar, podemos acertar, mas a América Latina e o Brasil não permitem esse tipo de atitude.
Viva a Presidente! Dilma fica! Fora Cunha e fora todos aqueles que compactuam com isso!
O SR. PRESIDENTE (Mauro Pereira) - Muito obrigado, Deputado Vicentinho.