CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com redação final
Sessão: 393.1.55.O Hora: 14:12 Fase: PE
Orador: LEO DE BRITO Data: 15/12/2015




O SR. PRESIDENTE (Carlos Manato) - Concedo a palavra ao nobre Deputado Leo de Brito, do PT do Acre.
O SR. LEO DE BRITO (PT-AC. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, inicialmente gostaria de homenagear neste momento dois grandes brasileiros: a Presidenta Dilma, que ontem fez aniversário, e Chico Mendes, Herói da Pátria, do meu Estado, que ontem também completaria 71 anos.
Solicito que seja dado como lido e divulgado no programa A Voz do Brasil pronunciamento que faço acerca dos resultados da COP 21. Esta tão importante Conferência do Clima conseguiu chegar a um acordo para que a elevação das temperaturas no planeta seja de no máximo 1,5 grau Celsius até 2100. E o Brasil foi protagonista nessa Conferência, comprometendo-se a reduzir em 43% as emissões de gases de efeito estufa até 2030. Também o nosso Estado do Acre assumiu, junto com o Estado do Mato Grosso, o compromisso do cumprimento da mesma meta até 2020. Então, nós temos um papel importante nesse contexto.
Eu quero parabenizar o Governador Tião Viana, a Presidenta Dilma Rousseff e também a Ministra Izabella, que lideraram esse processo por um novo acordo do clima, que vai garantir uma sustentabilidade maior ao nosso meio ambiente.
O SR. PRESIDENTE (Carlos Manato) - Muito obrigado, nobre Deputado.

PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO PELO ORADOR

Sr. Presidente, nobres Deputados e Deputadas, quero compartilhar com esta Casa os resultados obtidos com a finalização dos trabalhos da 21ªConferência das Nações Unidas sobre Alterações Climáticas, encerrada em Paris na última sexta-feira (dia 11).
Durante a COP 21, os países assinaram acordo, comprometendo-se a assumir responsabilidades para que a elevação na temperatura da Terra seja de, no máximo, 1,5 grau Celsius até o ano de 2100.
E não é só isso, Sr. Presidente. O Brasil teve um papel de destaque durante o evento, comprometendo-se a reduzir em 43% as emissões de gases de efeito estufa até 2030.
Mas o que me deixa mais orgulhoso é que o meu Estado do Acre juntamente com o Estado do Mato Grosso firmaram protocolo antecipando o cumprimento dessa mesma meta para o ano de 2020.
Este compromisso firmado demonstra o resultado do trabalho desenvolvido há anos no Acre para o fortalecimento de uma economia baseada no desenvolvimento sustentável, que alia a preservação da natureza e o respeito aos povos da floresta.
Encerro deixando meus parabéns à Presidenta Dilma, ao Governador Tião Viana, à nossa Ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, e a toda a delegação brasileira presente na COP 21 pela missão cumprida.
Muito obrigado.