CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com redação final
Sessão: 393.1.55.O Hora: 18:42 Fase: OD
Orador: RODRIGO DE CASTRO Data: 15/12/2015


O SR. RODRIGO DE CASTRO
(PSDB-MG. Pronunciamento encaminhado pelo orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, uma das maiores alegrias enquanto Parlamentar, representante dos Municípios mineiros, é quando uma cidade ou Estado se destaca na gestão pública com seriedade e criatividade e torna-se exemplo para o resto do País. É o caso de Extrema, Município localizado no Sul de Minas, que acabou de ser eleito o melhor Município do Brasil pelo Índice FIRJAN de Desenvolvimento Municipal 2015.
O índice avalia as condições de educação, saúde, emprego e renda de todos os Municípios brasileiros.
Foram avaliados 5.517 Municípios, que abrigam 99,8% da população. E foi a primeira vez que a vencedora não foi uma cidade do Estado de São Paulo, indicando realmente que Extrema tem serviços prestados à população da melhor qualidade possível.
Extrema saiu da 569ª colocação em 2005 para a primeira posição. Segundo os pesquisadores da FIRJAN, o Município é um excelente exemplo de uma gestão que conseguiu reverter as conquistas econômicas para a área social.
Quero aqui parabenizar toda equipe da Prefeitura, comandada pelo Prefeito
, Dr. Luiz, e pelo Vice, João Batista. Somente uma gestão planejada, que envolve os servidores nos projetos e tem a população como foco alcança um resultado como esse.
Os números da própria pesquisa indicam que Extrema deveria ser realmente exemplo a ser seguido. De maneira geral, a gestão das Prefeituras tem melhorado, mas ainda são poucas as que atingem alto desenvolvimento.

No ranking geral, a FIRJAN aponta que 60,3% das cidades possuem desenvolvimento moderado e apenas 7,8% registram alto desenvolvimento.
Sem falar que entre as dez primeiras apenas Extrema não é de São Paulo. A cidade mineira, no entanto, está bem próxima ao Estado vizinho, o que indica que a desigualdade regional no Brasil ainda é gritante.
Os bons exemplos de Extrema devem ser seguidos, mas os governos também precisam investir e planejar o desenvolvimento regional do País. Só assim toda nossa população, ou grande parte dela
, viverá em condições de alto desenvolvimento.