CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com reda����o final
Sessão: 210.1.52.O Hora: 14:34 Fase: PE
Orador: ANTONIO CAMBRAIA, PSDB-CE Data: 01/10/2003




O
SR. ANTONIO CAMBRAIA (PSDB-CE. Pronuncia o seguinte discurso.) – Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, venho hoje à tribuna desta Casa para destacar, de modo especial, a XLIX Exposição Agropecuária e Industrial do Ceará — EXPOECE 2003, que ora acontece em Fortaleza, fruto de promoção conjunta do Governo do Ceará, da Associação dos Criadores do Ceará, da Secretaria da Agricultura e Pecuária do Estado e da empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Ceará — EMATERCE.
Essa exposição, que acontece todos os anos em nossa Capital, já se tornou um marco na concretização de excelentes negócios no ramo da agricultura e pecuária, pois é através dela que os agropecuaristas cearenses e até de Estados vizinhos tomam conhecimento dos avanços científicos e tecnológicos obtidos, dos projetos de pesquisa em andamento e dos investimentos econômicos e financeiros voltados para o setor.
A EXPOECE 2003 tem como objetivos:
1) Proporcionar aos criadores a possibilidade de se certificarem do grau de evolução da pecuária, mediante o exame dos plantéis expostos;
2) Permitir que os produtores e industriais esclareçam-se quanto às realizações no campo da agropecuária, seus produtos e sua industrialização;
3) Demonstrar aos visitantes os resultados do emprego de novos métodos de seleção e outros trabalhos zootécnicos que vinham sendo adotados visando ao aprimoramento dos rebanhos;
4) Estabelecer maior intercâmbio entre os criadores e industriais e melhor estreitamento entre os técnicos que atuam no setor;
5) Conscientizar os criadores da necessidade e das vantagens de pôr em prática os métodos de seleção zootécnica, incentivando-os ao controle e registro genealógico dos produtos obtidos e inscrição nos serviços de provas zootécnicas;
6) Incentivar a indústria agropecuária através da exposição de produtos afins e da demonstração de equipamentos especializados para aquela atividade;
7) Orientar os criadores, técnicos e alunos das escolas superiores de agricultura, veterinária e zootecnia nas práticas de julgamento de animais e outras atividades pertinentes aos certames agropecuários.
Sobre o assunto gostaria ainda de ressaltar a importância do incentivo do Governo do Estado e órgãos afins, haja vista a grande aceitação do evento quer por parte dos expositores, quer por parte do público em geral.
A exposição deverá ser visitada por um público estimado de 70 mil pessoas, sendo 250 expositores, e dela participarão 7 mil e 700 animais, incluindo-se mil registrados, com um volume de negócios previsto de 1 milhão, 537 mil reais.
Entre os animais participantes, destaca-se a grande presença de ovinos e caprinos. A vocação do Estado do Ceará para o desenvolvimento desses animais tem sido estimuladapelo Governo com muito sucesso.
As raças bovinas com maior destaque na exposição, ou seja, aquelas que mais se adaptam ao Nordeste são: gir, indubrasil, holandesa, guzerá, girolândia e jersey.
Com certeza, todos os objetivos previstos com a realização dessa exposição serão alcançados, pois continua sendo meio de divulgação ímpar para os investidores e estudiosos da área, assim como para o Governo do Estado, que contribui de modo exemplar para o fortalecimento e crescimento desse importante e rentável segmento econômico.
Estão de parabéns não só os criadores, mas também a Secretaria da Agricultura e Pecuária, na pessoa do Secretário Carlos Matos.
Finalizando, quero cumprimentar todos aqueles que direta ou indiretamente participaram do evento, na expectativa de que investimentos federais aportem o quanto antes no Estado do Ceará, a fim de que em breve possamos alcançar números ainda mais expressivos na agroindústria cearense.
Eram estas as minhas palavras.
Sr. Presidente, solicito que este pronunciamento seja divulgado nos órgãos de comunicação da Casa.
Muito obrigado.