CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com reda����o final
Sessão: 206.2.52.O Hora: 15:44 Fase: BC
Orador: ADELOR VIEIRA, PMDB-SC Data: 06/10/2004



 
O SR. ADELOR VIEIRA (PMDB-SC. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, volto a tratar do projeto de biossegurança, que hoje deve ter sido o assunto mais discutido no Senado Federal.
Quando da aprovação do projeto nesta Casa, foi muito clara a posição da Frente Parlamentar Evangélica, que tenho a honra de presidir, da bancada cristã e da bancada católica, no sentido de liberar a pesquisa com células-tronco. Porém manifestamos outra posição, e a mantemos, no que diz respeito a células embrionárias.
Louvo a iniciativa do Governo e também a matéria do jornal A Notícia, do meu Estado, edição do dia 25 de setembro último, sobre a decisão do Ministério da Saúde de criar a BRASILCORD, uma rede pública de bancos para recolher e armazenar amostras de sangue de cordão umbilical. O Ministro Humberto Costa está dando um grande passo ao deflagrar esse processo, da maior importância para a saúde, no País e no mundo.
Ao implantar essa rede, o Governo dá um passo à frente. O interesse é nacional, por isso a rede tem de ser pública e não privada. É excelente a idéia de guardar toda a diversidade étnica dos brasileiros. O BRASILCORDvai coletar amostras de sangue em 10 das principais cidades do País.
Mas há necessidade de esclarecer melhor a população. Muitas pessoas não entenderam a posição da maioria nesta Casa quando foi aprovado o projeto, que vai voltar para a Câmara depois da alteração que está sendo processada no Senado.
Alguém pergunta o que são as células-tronco. Células-tronco servem de curingas. V.Exa. é médico, Sr. Presidente, e entende muito bem dessa área. Células-tronco são células neutras que ainda não possuem característica que as diferenciem como célula da pele, do músculo etc. Queremos que as pesquisas continuem avançando no que diz respeito às células-tronco, mas as células embrionárias são outro caso, bem diferente.
É verdade que cada vez mais pesquisas mostram a importância das células embrionárias na cura ou recuperação de algumas doenças, como o câncer, o mal de Parkinson ou o mal de Alzheimer, doenças degenerativas. Mas épreciso ter cuidado. As células-tronco embrionárias se mostram cada vez eficazes na formação de tecidos do corpo, e é por essa razão que os cientistas desejam tanto pesquisá-las. O problema é que na extração da célula-tronco o embrião é destruído, o que significa a destruição de uma vida. É contra isso que estamos trabalhando. Quem nos deu a vida foi Deus, e só Ele tem o direito de nos tirá-la.
Cumprimento o Ministro Humberto Costa e o Governo pela decisão de criar um banco para armazenagem dessas células. O Governo evita a especulação e traz para si a responsabilidade, o ônus da distribuição desses benefícios à população.
Em meu nome e creio que também em nome da Frente Parlamentar Evangélica devo esclarecer que não somos contra o avanço da ciência e da tecnologia, nem contra a clonagem terapêutica com células-tronco. Mas não contem com o nosso apoio quando se tratar de extração de células embrionárias.
Muito obrigado, Sr. Presidente.