CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com redação final
Sessão: 201.1.53.O Hora: 15:10 Fase: PE
Orador: GUILHERME MENEZES Data: 14/08/2007




O
SR. GUILHERME MENEZES (PT-BA. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, os momentos de maior dificuldade da vida brasileira têm revelado as grandes personalidades da nossa política. E não são raros os momentos em que Francisco Waldir Pires de Souza, filho da pequena cidade de Acajutiba, município ao leste do Estado da Bahia, vem mostrando sua importância para a política e para o povo brasileiro.
Waldir Pires nunca fugiu aos combates da vida pública. Por isso mesmo, no vigor dos seus 81 anos, foi homenageado por toda a militância do Partido dos Trabalhadores da Bahia por ocasião do seu 3ºCongresso Estadual, realizado nos primeiros dias deste mês de agosto.
O evento, presidido pelo companheiro Marcelino Galo, contou ainda com a presença do Governador Jaques Wagner, primeiro Presidente do PT no Estado.
Muito antes de assumir a Controladoria-Geral da União e, depois, o Ministério da Defesa a convite do Presidente Lula, Dr. Waldir já havia dado provas da sua entrega às causas que resolveu abraçar com a razão e com o coração: as lutas por um Brasil livre, democrático, soberano, mais justo e solidário.
Em triste momento do golpe de 64, foi marcante sua permanência com Darcy Ribeiro no Palácio do Catete até o último segundo de liberdade, mostrando firmeza na defesa da democracia e fidelidade ao Presidente João Goulart. Igualmente marcante foi sua tão discutida renúncia ao Governo da Bahia, em 1989, para ser candidato a Vice-Presidente da República na chapa encabeçada pelo Dr. Ulysses Guimarães, seu companheiro de lutas pela consolidação da democracia do País.
Dignidade, coerência e firmeza de caráter lhe são inatas. Seu engajamento nas lutas sociais começou cedo, nos tempos em que atuava no movimento estudantil, na União dos Estudantes da Bahia, combatendo o nazi-fascismo na década de 40.
Por tudo isso, Dr. Waldir Pires tem sido referência ética fundamental não só para os militantes da Esquerda brasileira, mas para toda a classe política. Em seu primeiro mandato, o Presidente Lula não poderia ter feito escolha mais acertada que a de Waldir Pires para Ministro de Estado do Controle e da Transparência. E o Ministério foi consolidado durante a sua passagem pela Pasta, pois a antiga Corregedoria, criada em 2001, não dispunha dos instrumentos e poderes necessários para cumprir a missão de defender o patrimônio público e incrementar a transparência da gestão do Executivo Federal.
No segundo mandato do Governo Lula, Waldir aceitou o desafio de estar à frente do Ministério da Defesa Nacional, para, da mesma forma com que fez na CGU, refundar o Ministério, aproximando-o mais da sociedade brasileira e de sua juventude. Como disse em seu discurso de transmissão do cargo, buscava articular a defesa do Brasil com toda a América do Sul para fortalecer os interesses econômicos e civis dos povos e mercados sul-americanos, encerrando um ciclo de submissão e desenvolvendo uma fase de diálogo paritário com o mundo.
Infelizmente, os trágicos acontecimentos da crise aérea que enfrentamos hoje, mas que é crônica, antiga, e que o Governo do Presidente Lula busca resolver, resultaram na saída do Ministro Waldir Pires do Ministério da Defesa.
Como disse no começo deste pronunciamento, os momentos de maior dificuldade da vida brasileira têm revelado as grandes personalidades da nossa política. E, neste momento, ésempre oportuno aprender com Waldir Pires a manter a dignidade e a coerência em nossas lutas mesmo diante das adversidades.
Obrigado, Sr. Presidente.