CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com redação final
Sessão: Hora: Fase:
Orador: Data:




O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Lelo Coimbra.
O SR. LELO COIMBRA (PMDB-ES.) - Sr. Presidente, pelo fortalecimento e restauração da economia de nosso País, pelas reformas que precisam deestabilidade política para que ocorram e pelo nosso trabalho de fortalecimento das instituições brasileiras, meu voto é a favor do relatório. Meu voto é sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Lelo Coimbra: voto "sim". Total: 177 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Marcus Vicente.
O SR. MARCUS VICENTE (Bloco/PP-ES.) - Sr. Presidente, pela estabilidade econômica, pela geração de emprego e renda, pelo controle da inflação e pela queda dos juros, em nome do Espírito Santo do Brasil, eu voto "sim".
O SR. GIACOBO - Deputado Marcus Vicente: voto "sim". Total: 178 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputada Norma Ayub.
A SRA. NORMA AYUB (DEM-ES.) - Sr. Presidente, eu voto "não".
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputada Norma Ayub: voto "não". Total: 154 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Paulo Foletto.
O SR. PAULO FOLETTO (PSB-ES.) - Sr. Presidente, independentemente das reformas necessárias que estão sendo realizadas, esta Casa é a caixa de ressonância da voz da nossa população. Nós representamos o povo brasileiro. E o povo brasileiro quer que haja o prosseguimento das investigações.
O meu voto é contra o relatório, pelo prosseguimento das investigações. O meu voto é não.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Paulo Foletto: voto "não". Total: 155 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Sérgio Vidigal.
O SR. SÉRGIO VIDIGAL (PDT-ES.) - Pelo fortalecimento da Operação Lava-Jato, pelo princípio republicano de que a lei vale para todos e em respeito aos cidadãos brasileiros — 81% da população hoje é totalmente contra a corrupção, a favor da ética na política e contra a impunidade —, eu voto pelo prosseguimento da ação e contra o relatório.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Sérgio Vidigal: voto "não". Total: 156 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Piauí.
Deputado Assis Carvalho.
O SR. ASSIS CARVALHO (PT-PI.) - Contra o banditismo que se instalou no Planalto Central, pela democracia neste País e para que Temer vá fazer companhia a Eduardo Cunha, o meu voto é não ao relatório e sim à continuidade da investigação.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - O Deputado Assis Carvalho vota não.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Assis Carvalho: voto não. Total: 157 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Átila Lira.
O SR. ÁTILA LIRA (PSB-PI.) - Sr. Presidente, eu sou um advogado do estado mínimo, e, nesse sentido, nós já estamos vivendo a retomada da economia, que, com a estabilidade política, éfator essencial para o crescimento. Portanto, eu voto com o relatório da CCJC. Eu voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Átila Lira: voto sim. Total: 179 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Heráclito Fortes.
O SR. HERÁCLITO FORTES (PSB-PI.) - Sr. Presidente, o Brasil precisa ter paz.
Eu vou votar, em primeiro lugar, em homenagem à coragem do Presidente Michel Temer de promover as reformas de que o Brasil necessita. Talvez, por isso mesmo, eleesteja pagando um alto preço.
Portanto, Sr. Presidente, diante desses fatos e da coerência e em nome de um Brasil livre e que quer crescer, eu voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Heráclito Fortes: voto sim. Total: 180 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputada Iracema Portella.
A SRA. IRACEMA PORTELLA (Bloco/PP-PI.) - Por falta de consistência na denúncia, eu voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputada Iracema Portella: voto sim. Total: 181 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Júlio Cesar.
O SR. JÚLIO CESAR (PSD-PI.) - Pela melhoria dos indicadores econômicos do nosso País, pela convicção que eu tenho de cada dia melhorar a vida do povo brasileiro e por recomendação partidária, eu voto sim, Sr. Presidente.
O SR. GIACOBO - Deputado Júlio Cesar: voto sim. Total: 182 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Maia Filho.
O SR. MAIA FILHO (Bloco/PP-PI.) - Sr. Presidente, ser Parlamentar não é ser manobrado pelo senso comum, nem é querer agradar o senso comum; é, antes de tudo, defender a Constituição. E não vamos criar aqui o precedente de afastar um Presidente sem ter uma prova irrefutável.
Acreditando no Brasil e acreditando que nós estamos aqui para criar estabilidade, votamos sim ao relatório.
O SR. GIACOBO - Deputado Maia Filho: voto sim. Total: 183 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Marcelo Castro. (Pausa.) Ausente.
O SR. RÔMULO GOUVEIA - Deputado Marcelo Castro: ausente. Total: 14 ausentes.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Paes Landim.
O SR. PAES LANDIM (Bloco/PTB-PI.) - Sr. Presidente, eu votei contra o impeachment da Presidente Dilma porque não encontrei fundamentos que lhe imputassem crime de responsabilidade. Da mesma forma, fazendo juízo político, que é aquilo que o Ministro Fachin determinou...
(Desligamento automático do microfone.)
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Como vota V.Exa., Deputado?
O SR. PAES LANDIM (Bloco/PTB-PI.) - A fim de dar o mínimo de estabilidade ao País e de acordo com as reformas anunciadas pelo Presidente Michel Temer, eu voto pela suspensão do processo, que terá continuidade após o término do mandato. Nesse sentido, eu voto com o Relator, voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Paes Landim: voto sim. Total: 184 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Rodrigo Martins.
O SR. RODRIGO MARTINS (PSB-PI.) - Sr. Presidente, o Brasil precisa ser passado a limpo. Por isso eu voto não ao relatório, a favor da investigação.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Rodrigo Martins: voto não. Total: 158 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Silas Freire.
O SR. SILAS FREIRE (Bloco/PODE-PI.) - Precisamos tomar o Brasil das mãos da corrupção e devolvê-lo aos brasileiros. E sófaremos isso se deixarmos as instituições dizerem quem é inocente e quem é culpado. Vamos passar o Brasil a limpo. Portanto, voto não ao relatório. Vamos à continuidade das investigações, pela transparência no Brasil!
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Silas Freire: voto não. Total: 159 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Marcelo Castro, em segunda chamada. (Pausa.) Ausente.
Rio Grande do Norte.
Deputado Antônio Jácome.
O SR. ANTÔNIO JÁCOME (Bloco/PODE-RN.) - Sou contra o balcão de negócios. Podemos sonhar e lutar por um Brasil sem corrupção.
Voto sim à investigação e não ao relatório.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Antônio Jácome: voto não. Total: 160 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Beto Rosado.
O SR. BETO ROSADO (Bloco/PP-RN.) - Sr. Presidente, acompanho o relatório que foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça. Voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Beto Rosado: voto sim. Total: 185 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Fábio Faria.
O SR. FÁBIO FARIA (PSD-RN.) - Sr. Presidente, acompanho o voto do Relator, o Deputado Paulo Abi-Ackel, do PSDB.
O SR. GIACOBO - Deputado Fábio Faria: voto sim. Total: 186 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Felipe Maia.
O SR. FELIPE MAIA (DEM-RN.) - Sr. Presidente, eu voto favorável ao parecer do Deputado Paulo Abi-Ackel na Comissão de Constituição e Justiça.
O SR. GIACOBO - Deputado Felipe Maia: voto sim. Total: 187 votos sim.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Rafael Motta.
O SR. RAFAEL MOTTA (PSB-RN.) - Sr. Presidente, eu defendo a Justiça nas suas instâncias Federal, Estadual e Municipal. Aos culpados a devida punição; e que os inocentes tenham o reconhecimento da sua honestidade.
Sr. Presidente, aqueles que têm medo de investigação têm medo da verdade. Por isso eu voto não a esse relatório.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Rafael Motta: voto não. Total: 161 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Rogério Marinho.
O SR. ROGÉRIO MARINHO (PSDB-RN.) - O Brasil começa a mudar, e ninguém está acima da lei. Isso tanto é verdadeque a quadrilha que assaltou o País durante 13 anos tem uma ex-Presidente afastada, tem um Presidente condenado a 9 anos de prisão, tem três ex-tesoureiros...
(Desligamento automático do microfone.)
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Como vota V.Exa., Deputado?
O SR. ROGÉRIO MARINHO (PSDB-RN.) - Sr. Presidente, com certeza voto a favor das reformas e pelo não arquivamento da denúncia, que será apreciada após o término do mandato do Presidente Temer. Eu voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Rogério Marinho: voto sim. Total: 188 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Walter Alves.
O SR. WALTER ALVES (PMDB-RN.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, voto de acordo com o Relator, voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Walter Alves: voto sim. Total: 189 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputada Zenaide Maia.
A SRA. ZENAIDE MAIA (PR-RN.) - Por saber que eu realmente vi aquela mala de dinheiro andando nas ruas da cidade, contra a impunidade, Zenaide vota não.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputada Zenaide Maia: voto não. Total: 162 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Minas Gerais.
Deputado Adelmo Carneiro Leão.
O SR. ADELMO CARNEIRO LEÃO (PT-MG.) - Sr. Presidente, um país governado por golpistas, por corruptos, por traidores da Pátria não terá paz nem estabilidade. Enganam-se aqueles que estão dizendo...
(Desligamento automático do microfone.)
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Como vota V.Exa., Deputado? O SR. ADELMO CARNEIRO LEÃO (PT-MG.) - Considerando um país governado dessa forma, em defesa da soberania nacional, da dignidade do povo brasileiro, da soberania popular, eu digo não. Meu voto é não.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Adelmo Carneiro Leão: voto não. Total: 163 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Ademir Camilo.
O SR. ADEMIR CAMILO (Bloco/PODE-MG.) - Sr. Presidente, se estivesse aqui, votaria contra o impeachment. Votei contra a terceirização e contra a reforma trabalhista. Vou votar contra a reforma da Previdência. Mas,pela estabilidade econômica, voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Ademir Camilo: voto sim. Total: 190 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Aelton Freitas.
O SR. AELTON FREITAS (PR-MG.) - Sr. Presidente, pela estabilidade econômica do País e pela continuação das reformas necessárias, Aelton Freitas vota sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Aelton Freitas: voto sim. Total: 191 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Bilac Pinto.
O SR. BILAC PINTO (PR-MG.) - Sr. Presidente, eu voto a favor do relatório do ilustre Deputado Paulo Abi-Ackel, aprovado na Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania. O meu voto é sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Bilac Pinto: voto sim. Total: 192 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputada Brunny.
A SRA. BRUNNY (PR-MG.) - Sr. Presidente, eu chamo a atenção dos Deputados para a responsabilidade com o nosso País. Precisamos que a nossa economia continue avançando.
Eu voto sim, a favor do Presidente.
O SR. GIACOBO - Deputada Brunny: voto sim. Total: 193 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Caio Narcio.
O SR. CAIO NARCIO (PSDB-MG.) - Pela estabilidade do País, pela investigação da denúncia ao final do mandato e em nome do Brasil, eu voto sim, com o Relator Paulo Abi-Ackel.
O SR. GIACOBO - Deputado Caio Narcio: voto sim. Total: 194 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Carlos Melles.
O SR. CARLOS MELLES (DEM-MG.) - Sr. Presidente, voto como votei na Comissão de Constituição e Justiça, sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Carlos Melles: voto sim. Total: 195 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputada Dâmina Pereira.
A SRA. DÂMINA PEREIRA (Bloco/PSL-MG.) - Pela estabilidade do País, eu voto sim ao relatório.
O SR. GIACOBO - Deputada Dâmina Pereira: voto sim. Total: 196 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Delegado Edson Moreira.
O SR. DELEGADO EDSON MOREIRA (PR-MG.) - Contra quem apoia a ditadura de Maduro, que estámatando todos os venezuelanos e os mandando para cá; contra essa corrupção, Sr. Presidente, que acaba com o País; votamos sim ao relatório do brilhante Deputado Paulo Abi-Ackel.
O SR. GIACOBO - Deputado Delegado Edson Moreira: voto sim. Total: 197 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Diego Andrade.
O SR. DIEGO ANDRADE (PSD-MG.) - Voto sim, Sr. Presidente.
O SR. GIACOBO - Deputado Diego Andrade: voto sim. Total: 198 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Dimas Fabiano.
O SR. DIMAS FABIANO (Bloco/PP-MG.) - Pela estabilidade econômica e política, eu voto sim, Sr. Presidente.
O SR. GIACOBO - Deputado Dimas Fabiano: voto sim. Total: 199 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Domingos Sávio.
O SR. DOMINGOS SÁVIO (PSDB-MG.) - Sr. Presidente, a lei é igual para todos. E o Presidente Temer haverá de responder às acusações no momento apropriado. Mas não vamos fazer o jogo do PT. Não é hora de tirar o Presidente. Eles querem o caos. Querem transformar isto aqui numa Venezuela. (Manifestação no Plenário.)
Queremos acabar com a crise, queremos gerar emprego e desenvolver o Brasil. Portanto, com muita consciência e responsabilidade, eu voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Domingos Sávio: voto sim. Total: 200 votos
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - O Deputado Eduardo Barbosa está ausente devido ao falecimento da esposa dele.
O SR. RÔMULO GOUVEIA - Deputado Eduardo Barbosa: ausente. Total: 15 ausentes.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Eros Biondini.
O SR. EROS BIONDINI (Bloco/PROS-MG.) - Sr. Presidente, sou a favor da investigação. O meu voto é não.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Eros Biondini: voto não. Total: 164 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Fábio Ramalho.
O SR. FÁBIO RAMALHO (PMDB-MG.) - O meu voto é sim, respeitando cada pessoa que vota sim ou não.
O SR. GIACOBO - Deputado Fábio Ramalho: voto sim. Total: 201 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Franklin.
O SR. FRANKLIN (Bloco/PP-MG.) - Sr. Presidente, eu voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Franklin: voto sim. Total: 202 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Gabriel Guimarães.
O SR. GABRIEL GUIMARÃES (PT-MG.) - O meu voto é não, Sr. Presidente, pelo processamento da denúncia, para que se busque a totalidade da verdade, elemento essencial de aplicação da boa justiça.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Gabriel Guimarães: voto não. Total: 165 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado George Hilton.
O SR. GEORGE HILTON (PSB-MG.) - Eu voto não ao relatório e sim ao prosseguimento da investigação, Sr. Presidente.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado George Hilton: voto não. Total: 166 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Jaime Martins.
O SR. JAIME MARTINS (PSD-MG.) - Sr. Presidente, nós não estamos aqui, na verdade, julgando se o Presidente Temer vai ser investigado ou não. O Presidente Temer será investigado. O que nós estamos decidindo ése ele será julgado agora pelo Supremo ou se será julgado mais à frente pelo Juiz Sergio Moro.
Eu acho que está decidido que o Presidente Temer será julgado. Eu sou pelo combate implacável...
(Desligamento automático do microfone.)
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Como vota V.Exa., Deputado?
O SR. JAIME MARTINS (PSD-MG.) - Vou votar, Sr. Presidente.
Acho que colocar um Governo interino dentro de um Governo provisório não é bom para o Brasil neste momento. Por isso, voto sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Jaime Martins: voto sim. Total: 203 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputada Jô Moraes.
A SRA. JÔ MORAES (PCdoB-MG.) - Sr. Presidente, o meu voto é não, contra o Governo ilegítimo de Temer, que transformou o Brasil num grande cassino onde as apostas são feitas contra os direitos dos trabalhadores e contra a soberania nacional.
Pelo Brasil, meu voto é não.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputada Jô Moraes: voto não. Total: 167 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Júlio Delgado.
O SR. JÚLIO DELGADO (PSB-MG.) - Sr. Presidente, a denúncia oferecida tem os pressupostos constitucionais para ser aprovada aqui. A responsabilidade do Presidente da República é muito grande, e é muito maior a responsabilidade dele quando pratica crimes no exercício do mandato. Por isso, eu voto pela continuidade do processo.
Meu voto é não ao relatório do Deputado Paulo Abi-Ackel.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Júlio Delgado: voto não. Total: 168 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Laudivio Carvalho.
O SR. LAUDIVIO CARVALHO (SD-MG.) - Sr. Presidente, ninguém está acima da lei e da ordem neste País. O povo quer caráter dos seus representantes e quer esse caráter demonstrado. É tolerância zero. Quem não deve não Temer, Sr. Presidente. Eu voto não.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Laudivio Carvalho: voto não. Total: 169 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Leonardo Monteiro.
O SR. LEONARDO MONTEIRO (PT-MG.) - Sr. Presidente, primeiro, fora, Temer! Contra a reforma trabalhista! Contra a reforma da Previdência! Contra o desmatamento da Amazônia! A favor da educação!
Voto contra o relatório do PSDB, do Deputado Paulo Abi-Ackel.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Leonardo Monteiro: voto não. Total: 170 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Leonardo Quintão.
O SR. LEONARDO QUINTÃO (PMDB-MG.) - Sr. Presidente, voto com o Relator.
O SR. GIACOBO - Deputado Leonardo Quintão: voto sim. Total: 204 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Lincoln Portela.
O SR. LINCOLN PORTELA (PRB-MG.) - Sr. Presidente, não posso fazer nenhum juízo de valor precipitado contra o Presidente Temer. Porém, da mesma maneira como encaminhei o impedimento da Presidente Dilma Rousseff, votarei contra o relatório, sem nenhuma influência marxista.
Obrigado, Sr. Presidente.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Lincoln Portela: voto não. Total: 171 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Luis Tibé.
O SR. LUIS TIBÉ (Bloco/PTdoB-MG.) - Sr. Presidente, voto com o Relator.
O SR. GIACOBO - Deputado Luis Tibé: voto sim. Total: 205 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Luiz Fernando Faria.
O SR. LUIZ FERNANDO FARIA (Bloco/PP-MG.) - Sr. Presidente, eu voto com o Relator, o Deputado Paulo Abi-Ackel. Confio no relatório dele 100%. Portanto, o meu voto é sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Luiz Fernando Faria: voto sim. Total: 206 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputada Luzia Ferreira.
A SRA. LUZIA FERREIRA (PPS-MG.) - Sr. Presidente, as denúncias contra o Presidente são graves, consistentes e precisam ser investigadas já. Então, eu voto sim à investigação e contra o relatório.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputada Luzia Ferreira: voto não. Total: 172 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Marcelo Álvaro Antônio.
O SR. MARCELO ÁLVARO ANTÔNIO (PR-MG.) - Sr. Presidente, o meu voto é de acordo com o que manda a minha consciência. Eu sou contrário ao relatório e a favor das investigações por um motivo: nós precisamos passar o Brasil a limpo.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Marcelo Álvaro Antônio: voto não. Total: 173 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Marcelo Aro.
O SR. MARCELO ARO (PHS-MG.) - Sr. Presidente, meu voto é sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Marcelo Aro: voto sim. Total: 207 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Marcos Montes.
O SR. MARCOS MONTES (PSD-MG.) - Meu voto é sim, Sr. Presidente.
O SR. GIACOBO - Deputado Marcos Montes: voto sim. Total: 208 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Marcus Pestana.
O SR. MARCUS PESTANA (PSDB-MG.) - Tolerância zero com a corrupção, mas dentro do Estado de Direito, com amplo direito de defesa e presunção de inocência. O processo não será arquivado, será adiado. A economia brasileira vive enorme recessão e uma situação fiscal dramática. Nós precisamos das reformas e das mudanças. Não suportaríamos quatro governos em 4 anos. O Brasil tem pressa de mudar. Mudança já!
O SR. GIACOBO - Deputado Marcus Pestana: voto sim. Total: 209 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputada Margarida Salomão.
A SRA. MARGARIDA SALOMÃO (PT-MG.) - Sr. Presidente, este Governo é uma tragédia, ilegítimo e maligno para o povo brasileiro. Mas não é por essa razão que eu voto não. Eu voto não, contra o relatório, por causa dos crimes de Temer, sobejamente demonstrados pela Procuradoria-Geral da República.
Eu voto contra Temer...
(Desligamento automático do microfone.)
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputada Margarida Salomão: voto não. Total de votos: 174 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Mauro Lopes.
O SR. MAURO LOPES (PMDB-MG.) - Sr. Presidente, o meu voto é a favor de quem eu conheço há muitos anos. Eu voto pela preservação da biografia sem mácula de Michel Temer, para que ele possa colocar o Brasil nos trilhos e se lembrar de...
(Desligamento automático do microfone.)
O SR. GIACOBO - Deputado Mauro Lopes: voto sim. Total: 210 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Misael Varella.
O SR. MISAEL VARELLA (DEM-MG.) - Sr. Presidente, o meu voto é sim.
O SR. GIACOBO - Deputado Misael Varella: voto sim. Total: 211 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Newton Cardoso Júnior. (Pausa.)
O SR. RÔMULO GOUVEIA - Deputado Newton Cardoso: ausente. Total: 16...
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Não, ele está votando agora.
O SR. NEWTON CARDOSO JR (PMDB-MG.) - Sr. Presidente, a depender do tratamento que Minas Gerais recebeu até hoje do Governo, deveríamos até ir contra o relatório, mas precisamos, neste momento, de estabilidade econômica e de segurança jurídica, com fiel respeito aos preceitos da Constituição. Portanto, voto sim ao relatório.
O SR. GIACOBO - Deputado Newton Cardoso Júnior: voto sim. Total: 212 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Padre João.
O SR. PADRE JOÃO (PT-MG.) - Pelo fim da impunidade, pelo fim das malas de dinheiro de Temer e de Aécio e pelo fim também das reformas que estão desmontando o Estado brasileiro, eu voto não. Cadeia para Aécio e Temer!
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Padre João: voto não. Total: 175 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Patrus Ananias.
O SR. PATRUS ANANIAS (PT-MG.) - Sr. Presidente, eu quero me ater aqui à questão jurídica, que é o motivo desta sessão. As acusações que pesam contra o Sr. Michel Temer são gravíssimas. Elas saem do campo da denúncia e entram no campo das provas, provas visíveis, provas audíveis. Por isso o nosso voto é não.
Muito obrigado, Sr. Presidente.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Patrus Ananias: voto não. Total: 176 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Paulo Abi-Ackel.
O SR. PAULO ABI-ACKEL (PSDB-MG.) - Voto sim, Sr. Presidente.
O SR. GIACOBO - Deputado Paulo Abi-Ackel: voto sim. Total: 213 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputada Raquel Muniz.
A SRA. RAQUEL MUNIZ (PSD-MG.) - Sr. Presidente, estou aqui de cabeça erguida, vencendo as injustiças, junto com o meu partido, o PSD, para votar o relatório do Deputado Paulo Abi-Ackel, de Minas Gerais. Voto sim, sim e sim!
O SR. GIACOBO - Deputada Raquel Muniz: voto sim. Total: 214 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Reginaldo Lopes.
O SR. REGINALDO LOPES (PT-MG.) - Contra o machismo, o cinismo, a hipocrisia e a dissimulação desta Legislatura. Inventaram um crime para cassar a Presidenta Dilma e escondem os crimes contra Michel Temer. Malas de dinheiro, vídeos e delações comprovam a legalidade das provas.
Sim às investigações e não ao relatório do Deputado Paulo Abi-Ackel. A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Reginaldo Lopes: voto não. Total: 177 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Renato Andrade.
O SR. RENATO ANDRADE (Bloco/PP-MG.) - Sr. Presidente, a investigação pode esperar. Nós devemos terresponsabilidade com o nosso Brasil.
Voto com o Relator.
O SR. GIACOBO - Deputado Renato Andrade: voto sim. Total: 215 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Renzo Braz.
O SR. RENZO BRAZ (Bloco/PP-MG.) - Voto sim, Sr. Presidente.
O SR. GIACOBO - Deputado Renzo Braz: voto sim. Total: 216 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Rodrigo de Castro.
O SR. RODRIGO DE CASTRO (PSDB-MG.) - Nós precisamos de geração de emprego e renda, de justiça social e de paz para os brasileiros. As investigações devem ocorrer, mas no momento adequado. Além disso, o PSDB não pode andar a reboque do PT, que sempre virou as costas para os interesses brasileiros no Congresso Nacional.
Por isso, voto sim ao relatório.
O SR. GIACOBO - Deputado Rodrigo de Castro: voto sim. Total: 217 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Rodrigo Pacheco.
O SR. RODRIGO PACHECO (PMDB-MG.) - Sr. Presidente, na qualidade de Presidente da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania desta Casa, eu busquei conduzir esse processo com absoluta imparcialidade nas decisões que tomei e na designação dos Relatores, primeiro o Deputado Sergio Zveiter, depois o Deputado Paulo Abi-Ackel. Nada pode contaminar essa imparcialidade. E em razão dessas circunstâncias, e só por isso, o meu voto é pela abstenção. (Palmas.)
O SR. JHC - Deputado Rodrigo Pacheco: abstenção. Total: 2 abstenções.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Saraiva Felipe.
O SR. SARAIVA FELIPE (PMDB-MG.) - Sr. Presidente, baseado em elementos de convicção e numa decisão partidária, eu acompanho o voto decidido na Comissão de Constituição e Justiça.
O SR. GIACOBO - Deputado Saraiva Felipe: voto sim. Total: 218 votos.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Stefano Aguiar.
O SR. STEFANO AGUIAR (PSD-MG.) - Sr. Presidente, eu fui membro da Comissão que discutiu as 10 Medidas contra a Corrupção e nesta Casa represento um povo honrado que sonha com um Brasil melhor. Mesmo respeitando o Presidente, serei fiel às minhas convicções e a esse povo que me elegeu. Eu voto pela investigação.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Stefano Aguiar: voto não. Total: 178 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Subtenente Gonzaga.
O SR. SUBTENENTE GONZAGA (PDT-MG.) - Sr. Presidente, neste momento milhares de policiais estão nas ruas do Brasil para combater a criminalidade, a violência, correndo risco de vida. Diante dos fatos análogos que estamos analisando, se eles não tomarem providências, serão condenados por prevaricação. Portanto, não há coerência na nossa posição se não admitirmos a investigação para combater a impunidade.
Para combater a corrupção, para combater a violência, eu voto não ao relatório.
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Subtenente Gonzaga: voto não. Total: 179 votos não.
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Deputado Tenente Lúcio.
O SR. TENENTE LÚCIO (PSB-MG.) - Sr. Presidente, Deputado Rodrigo Maia, todos nós sabemos que, se V.Exa. quisesse, V.Exa. seria o Presidente da República. Parabéns a V.Exa. por estar dando demonstração de que é um verdadeiro estadista! Parabéns por sua conduta ética e moral!
Eu voto com o Relator.
O SR. GIACOBO - Deputado Tenente Lúcio: voto sim. Total: 219 votos.