CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com reda����o final
Sessão: 164.3.53.O Hora: 15:28 Fase: PE
Orador: CARLOS SANTANA, PT-RJ Data: 30/06/2009


O SR. CARLOS SANTANA
(PT-RJ. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, venho a esta tribuna falar sobre a II Conferência Nacional da Igualdade Racial - CONAPIR, ocorrida dos dias 25 a 28 de junho no Centro de Convenções de Brasília.
A abertura contou com a presença do Ministro Edson Santos, da Secretaria Especial de Políticas da igualdade Racial, do Ministro da Educação, Fernando Haddad, do Ministro do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, do Ministro-Chefe da Secretaria Geral da Presidência da República, Luiz Dulci, da Secretária Especial de Políticas para as Mulheres, Nilcéa Freire, de Parlamentares ligados ao movimento negro e representantes do movimento negro de todo Brasil.
Cerca de 1.500 delegados participaram de grupos de trabalho em que foram debatidos temas sobre as cotas raciais no ensino superior, respeito a religiões de matrizes africanas, titulação de terras quilombolas, saúde da população negra, implementação da Lei nº 10.639 e o combate ao racismo, entre outros temas.
Os 4 dias de conferência resultaram em várias conclusões acerca do eixo Trabalho e Controle Social. Também foram discutidos temas como o combate ao trabalho escravo e infantil; a criação de linhas de crédito para etnodesenvolvimento; o fomento a programas de cotas étnicas e raciais; a construção de centros de capacitação profissional; e garantias, por parte do Governo, de programas de primeiro emprego para comunidades negras, povos indígenas, etnias ciganas, comunidades tradicionais de terreiros e comunidades tradicionais.
Ficou definido igualmente a importância e a urgência da votação do Estatuto da Igualdade Racial que se encontra na Câmara do Deputados aguardando apenas a reunião da Comissão para ser votado.
Sabendo da importância e da grandiosidade que a conferência teve para nós, negros, quero agradecer em especial ao Presidente Lula e ao Ministro Edson Santos, que vêm com muito brilhantismo superando todas as dificuldades para devolver a dignidade ao nosso povo negro.
Era o que eu tinha a dizer.