CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com redação final
Sessão: 061.1.53.O Hora: 9h52 Fase: BC
  Data: 10/04/2007

Sumário

Apoio à permanência do ex-Deputado Roberto Jefferson na Presidência do Partido Trabalhista Brasileiro. Participação do PTB no Governo Luiz Inácio Lula da Silva.




O
SR. PRESIDENTE (Manato) - Com a palavra o nobre Deputado Pedro Fernandes.
O SR. PEDRO FERNANDES (Bloco/PTB-MA. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, solidarizo-me com o Presidente do PTB, o ex-Deputado Roberto Jefferson, no momento em que tentam tirá-lo do comando do partido. O TSE reconhece a legitimidade dele à frente do PTB. Quem tem de tirar presidente de partido é o próprio partido. Os incomodados que se candidatem para concorrer à presidência!
Queremos consolidar um grande partido. Realizamos encontro no Maranhão, e Roberto Jefferson esteve presente. Na ocasião, discutimos políticas públicas, bandeiras históricas e maneiras de participar das reformas. Éisto que queremos: um grande partido.
A bancada do PTB, por sua grande maioria, decidiu apoiar o Governo Lula. Estamos na base deste Governo. Talvez haja 1 ou 2 dissidentes na grande bancada que tem o partido. Dois grandes expoentes do PTB estão participando diretamente do Governo. Um deles é o Ministro Walfrido Mares Guia, que destacamos como grande Ministro. S.Exa. foi um grande Ministro do Turismo e será um grande Ministro da Articulação Política. José Múcio Monteiro, uma das grandes personalidades do partido, hoje é Líder do Governo e vem fazendo um bom trabalho de articulação dentro desta Casa.
Mas o partido quer crescer e avançar. Ele tem uma brilhante história desde 1945, iniciada pelo fundador Getúlio Vargas, que reconheceu o importante papel do trabalhador e lhe garantiu uma série de leis que asseguram seus direitos.
No passado, fizemos Governos que foram precursores da PETROBRAS, do BNDES, da siderurgia nacional. Nós, do PTB, queremos resgatar essa história. Estamos discutindo políticas públicas dentro do partido, nossa participação no Governo. Enfim, estamos ganhando espaço nos municípios, preparando-nos para que, em 2008, tenhamos uma grande bancada de Vereadores e Prefeitos, buscando uma alternativa de poder, quem sabe, a partir de 2010.
Solidarizo-me com o ex-Deputado Roberto Jefferson, que teve muitos mandatos e foi um grande Líder nesta Casa. Registro meu respeito a Roberto Jefferson pela coragem de denunciar, mesmo tendo de se expor. Tenho certeza de que a história vai dar a ele um lugar de destaque.
É claro que Roberto Jefferson pode ter tido a intenção de atingir um ou outro Parlamentar, uma ou outra pessoa, mas fez um grande trabalho em prol desta Nação. Ele se expôs para que a população visse como se comportava a política brasileira, como os partidos eram iguais e como o eleitor precisa estar atento aos candidatos e às pessoas que elege.
Registro minha solidariedade e meu respeito a Roberto Jefferson, na condição de militante do PTB e Presidente do Diretório Estadual do Maranhão.
Roberto Jefferson tem o apoio do Estado do Maranhão, assim como da bancada. Queremos participar do Governo Lula, mas também queremos ter independência para consolidar um grande partido e fortalecer a democracia no País.
Sr. Presidente, um país constitucional como o Brasil não pode, de maneira alguma, ficar restrito a grandes lideranças, porque isso prejudica a democracia. Queremos um partido que discuta e melhore as iniciativas do Governo. Queremos apoiar o Governo sem ser submissos. Queremos dar nossa contribuição à democracia. Mas queremos ter nossa singularidade, nosso espaço, nossa voz garantida nesse espaço democrático.
Lutaremos o tempo todo. Vamos começar um trabalho dentro do partido para sair desse grande Bloco, que já fez o seu papel. Agora queremos o partido trabalhando e discutindo, dentro de uma bancada unida, que respeite os pontos de vista dos colegas, a posição de cada um, a maioria. O PTB atua hoje de acordo com a maioria da bancada, discutindo, observando os problemas e tomando decisões.
Para encerrar, reafirmo o meu respeito, carinho e solidariedade a Roberto Jefferson, Presidente legítimo do PTB, escolhido em convenção nacional. Se tivermos de mudar, nós o faremos por meio de convenção nacional, não serápela Justiça nem por questão de desafeto. É preciso permanecer no partido para discutir a possibilidade de vir a dirigi-lo.
Muito obrigado.


TSE, LEGITIMIDADE, PERMANÊNCIA, ROBERTO JEFFERSON, PRESIDÊNCIA, PARTIDO POLÍTICO, PTB. PTB, PARTIDO POLÍTICO, PARTICIPAÇÃO, BASE DE APOIO, GOVERNO FEDERAL, DEFESA.
oculta