CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com redação final
Sessão: 029.4.54.O Hora: 16h52 Fase: GE
  Data: 25/02/2014

Sumário

Perplexidade diante da perda de sítio por agricultor em decorrência do não pagamento de empréstimo de baixo valor ao Banco do Brasil.




O SR. PRESIDENTE (Inocêncio Oliveira) - Esta Presidência gostaria de dizer ao ilustre Deputado Esperidião Amin que, em relação ao tomador do Banco do Brasil, que fez um empréstimo de R$1.387,00 e foi lhe tomado o sítio de 5 alqueires porque ele não pôde pagar, isso contraria as normas do Banco do Brasil, que manda renegociar essas dívidas. É um absurdo o que aconteceu com esse tomador do Banco do Brasil!
O Banco do Brasil não foi feito para ser dono de terra, não foi feito paraser dono de sítio, não foi feito para ser dono de fazenda. O Banco do Brasil foi feito para emprestar dinheiro aos pequenos e, quando eles não podem pagar, ele deve renegociar a dívida.
Muitos bancos oficiais emprestam 1 milhão, 2 milhões, 5 milhões e renegociam dívidas, quanto mais R$1.387,00! Por isso,minha solidariedade a essa família e a V.Exa.!


BANCO DO BRASIL, EXECUÇÃO, DÍVIDA, PRODUTOR RURAL, SC, PERDA, PROPRIEDADE, PROTESTO.
oculta