CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com redação final
Sessão: 029.4.54.O Hora: 18h10 Fase: GE
  Data: 25/02/2014

Sumário

Contentamento com a nomeação, pelo Papa Francisco, do Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani Tempesta, como novo Cardeal da Igreja Católica no Brasil. Perfil do religioso.




O SR. PRESIDENTE (Inocêncio Oliveira) - Concedo a palavra ao ilustre Deputado Simão Sessim, Segundo-Secretário da Câmara.
O SR. SIMÃO SESSIM (Bloco/PP-RJ. Pela ordem. Pronuncia o seguinte discurso.) - Sr. Presidente, Deputado Inocêncio Oliveira, Sras. e Srs. Deputados, a minha presença na tribuna desta Casa tem por finalidade felicitar o grande missionário de Cristo e Arcebispo do Rio de Janeiro, Dom Orani João Tempesta, pela sua justíssima e merecida nomeação, sábado passado, no Vaticano, em Roma, como o décimo Cardeal brasileiro.
Essa foi, sem dúvida alguma, uma festa cristã que diria memorável, prestigiada inclusive pela Presidenta Dilma Rousseff, no primeiro Consistório do pontificado de Sua Santidade o Papa Francisco, digna, portanto, de orgulho de todos nós, nesta Casa, da população brasileira e, em especial, do povo fluminense.
Com certeza, Dom Orani terá uma recepção muito bonita, à altura do seu real valor como líder religioso, ao desembarcar, nesta terça-feira, no Rio de Janeiro, de volta do Vaticano, já como novo Cardeal.

Servo disposto a cada vez mais dar a vida por Cristo e sua Igreja, como bem lembrou Padre Omar, Reitor do Santuário do Cristo Redentor, Dom Orani, ao receber o barrete, o anel e o título cardinalício, ao lado de outros 18 Bispos católicos do mundo inteiro, entra, aos 63 anos de vida, para o rol dos mais ilustres representantes de Deus aqui na terra, ao ocupar o mais alto posto da instituição, depois do Pontífice, podendo eleger e ser eleito Papa e mandatário da Igreja Católica Apostólica Romana, num eventual conclave.
Filho caçula de uma família de descendente de italianos, Dom Orani Tempesta, paulista de São Josédo Rio Pardo, tem toda uma vida dedicada ao sacerdócio, que começou em 1968, quando ingressou na Ordem Cisterciense.
Foi ordenado padre, em 1974, tornando-se Bispo de São José do Rio Preto, 23 anos depois. Passou ainda por Belém, até ser escolhido, em 2009, Arcebispo do Rio de Janeiro, pelo então Papa Bento XVI.

Sua grande liderança, como líder religioso, já podia ser testada por ocasião da Jornada Mundial da Juventude, em julho de 2013, realizada na Cidade Maravilhosa, exatamente quando se aproximou do Papa Francisco.
No Rio de Janeiro, Sr. Presidente, Dom Orani Tempesta é conhecido pelo hábito de sair às ruas, estar próximo aos fiéis e também por sua postura de grande conciliador. Agora ele foi convocado pelo Papa Francisco para se tornar mais um artesão da paz, em defesa de um mundo menos violento, mais igualitário e justo para os filhos de Deus aqui na terra.
Especialista em Comunicação e usuário contumaz das redes sociais, Dom Orani é elogiado dentro e fora da Igreja por sua simplicidade e a preocupação com o bem-estar de todos. O PadreOmar escreveu no seu artigo deste domingo, publicado no jornal O Dia, que Dom Orani é um líder religioso simples, informal, voltado para a comunicação e verdadeiramente preocupado com o bem de todos, características que descrevem bem o perfil do agora novo Cardeal-Arcebispo.
Para o Reitor da PUC do Rio de Janeiro, Prof. Padre Josafá Carlos de Siqueira, a simplicidade de Dom Orani Tempesta, o seu espírito comunicativo e o empenho em participar das pluriversas atividades religiosas e culturais da cidade do Rio de Janeiro, têm sido uma marca reconhecida pelos cariocas, que sabem conviver com a dimensão cosmopolita daquela territorialidade tão querida pelo povo brasileiro.
Em suma, Sr. Presidente, Dom Orani pode ser considerado um pastor sintonizado com as diversidades do mundo, com o sofrimento de seu rebanho, razão pela qual é um incansável mensageiro dos valores do Evangelho de Jesus Cristo.
Por tudo isso e muito mais, eis que não tivemos tempo de mencionar mais fatos nesta breve comunicação, desejo, em meu nome e também em nome do povo da Baixada Fluminense, que Deus ilumine os passos de Dom Orani Tempesta, de forma que ele possa continuar a sua nobre missão de levar o Evangelho e a palavra de Deus a todos os pobres e oprimidos.
Muito obrigado, Sr. Presidente.
Durante o discurso do Sr. Deputado Simão Sessim, o Sr. Inocêncio Oliveira, nos termos do § 2º do art. 18 do Regimento Interno, deixa a cadeira da Presidência, que é ocupada pelo Sr. Henrique Eduardo Alves, Presidente.


ORANI TEMPESTA, BISPO, NOMEAÇÃO, CARDEAL, IGREJA CATÓLICA, ATUAÇÃO, ELOGIO.
oculta