CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Com redação final
Sessão: 029.4.54.O Hora: 17h48 Fase: GE
  Data: 25/02/2014

Sumário

Solidariedade ao povo da Venezuela. Críticas ao governo do país vizinho.




O SR. PRESIDENTE (Inocêncio Oliveira) - Concedo a palavra ao ilustre Deputado Arolde de Oliveira.
O SR. AROLDE DE OLIVEIRA (PSD-RJ. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, colegas Parlamentares, eu venho àtribuna para registrar minha solidariedade ao povo venezuelano que está sofrendo com o desabastecimento, com a falta de alimentos. E esse povo está lutando para restaurar a democracia em seu país.
Faço este registro de solidariedade. Lamento profundamente que o Governo do meu País esteja dando apoio a esse ditador que, em um ano, levou o país ao caos, que já vinha se prenunciando com o ditador, seu antecessor.
Ele agora se manifesta, segundo a imprensa, aparentemente como um alucinado,um homem que talvez melhor estivesse dentro de um manicômio, porque se manifesta vendo passarinhos como se fossem seu antecessor; está criando uma série de mecanismos para enganar a opinião pública. Isto sem falar em tudo que ele já fez para cercear a liberdade de expressão, a liberdade de opinião naquele país. É uma tristeza!
A imprensa deu conta hoje — não sei se é verdadeiro — de que um vaso de guerra, um cruzador russo, equipado, armado, teria chegado à Venezuela com o objetivo de proteger a Venezuela e Cuba, segundo as notícias.
Isso é muito triste. Poderemos estar nos reportando ao tempo do Presidente Kennedy, nos Estados Unidos, quando dquele episódio da Baía dos Porcos. Será que é isso mesmo? Será que está havendo esse nível de provocação?
Nada teríamos a ver com isso se o Governo brasileiro não fosse tão envolvido, tão apaixonado pelas ideologias ultrapassadas da Rússia e de todo o mundo e não estivesse dando tanto apoio e tanto suporte a esses ditadores do Caribe, da Venezuela e de países da África. É muito triste.
Deixo este registro e a minha solidariedade ao povo venezuelano.


VENEZUELA, CRISE, SOLIDARIEDADE, POPULAÇÃO.
oculta