CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 382.3.55.O Hora: 12:04 Fase:
Orador: Data: 07/12/2017

A SRA. ERIKA KOKAY (PT-DF. Sem revisão da oradora.) - Sr. Presidente, eu queria parabenizar a Deputada Soraya Santos pela determinação de votar este projeto no dia de hoje.
Ele, na verdade, não tira da Polícia Civil a competência para investigar os crimes misóginos, de ódio contra a mulher, mas apenas possibilita, nos casos de o crime percorrer ou se expandir além das fronteiras estaduais, ou seja, o crime ocorrer de forma de interestadual, que seja agregada a esta investigação a Polícia Federal.
Eu penso que isso é absolutamente fundamental, porque as mulheres sofrem de muitas formas neste Brasil.
É inadmissível convivermos com o sofrimento que ainda existe sobre as mulheres, que lutam todos os dias para ter acesso ao seu corpo e para ter o direito de viver a sua humanidade de forma plena.
Eu queria parabenizar a Relatora, a Deputada Soraya Santos e a autora da proposição, Deputada Luizianne Lins, porque este projeto preenche uma lacuna e, na verdade, possibilita que a Polícia Federal atue de forma concorrente com as Polícias Civis neste tipo de crime.
Solicito a V.Exa. que seja apreciada a urgência do Projeto de Lei nº 1.681, de 1999, que diz respeito à regulamentação da profissão dos técnicos em imobilização ortopédica.