CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 313.2019 Hora: 17h44 Fase:
  Data: 09/10/2019

Sumário

Protesto contra a retirada, pelo Governo Federal, de recursos da educação para o pagamento de emendas orçamentárias aos Deputados favoráveis à aprovação da Proposta de Emenda à Constituição nº 6, de 2019, sobre a reforma da Previdência Social.

 O SR. JOSÉ RICARDO (PT - AM. Sem revisão do orador.) - Sra. Presidente, Srs. Deputados, Sras. Deputadas, no Governo Temer diziam que com a terceirização total e a reforma trabalhista haveria melhora da economia e geração de emprego. Pelo contrário, o que houve foi o aumento do desemprego no País.
Agora, no Governo Bolsonaro, falam que a reforma da Previdência é fundamental para equilibrar a economia e criar oportunidades. Só que essa é uma reforma que reduz as aposentadorias. Retira dos mais pobres quase 900 bilhões de reais. Portanto, atinge aqueles que mais necessitam.
Para aprovar esse projeto, foi necessário que o Governo prometesse pagar 40 milhões para cada Deputado e Senador. Nós vimos hoje que, para pagar, para talvez cumprir essa promessa, foi retirado quase 1 bilhão de reais. Lamentavelmente, retiraram 1 bilhão da educação para arcar com essa promessa que talvez não seja cumprida.
Gostaria que meu pronunciamento fosse registrado no programa A Voz do Brasil.


REFORMA TRABALHISTA, JAIR BOLSONARO, PRESIDENTE DA REPÚBLICA, GOVERNO FEDERAL, AVALIAÇÃO NEGATIVA. EDUCAÇÃO, RECURSOS, PREJUÍZO, CORRELAÇÃO, PEC 6/2019, PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO, REFORMA PREVIDENCIÁRIA (2019), APROVAÇÃO, JAIR BOLSONARO, PRESIDENTE DA REPÚBLICA, GOVERNO FEDERAL, CRÍTICA. GERAÇÃO DE EMPREGO, NECESSIDADE.
oculta