CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 288.1.55.O Hora: 13:34 Fase: OD
Orador: ARNALDO FARIA DE SÁ, PTB-SP Data: 30/09/2015

O SR. ARNALDO FARIA DE SÁ (Bloco/PTB-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, eu queria, por lealdade, deixar registrada a postura do Deputado Afonso Florence, que, apesar de ser do Partido dos Trabalhadores, procurou contemplar todos os partidos. Trata-se de uma luta importante. Cumprimento, de público, o Deputado Afonso Florence, que, por sua insistência, persistência e trabalho, nos permitiu fazer este acordo e votar a Medida Provisória nº 676, de 2015, na Comissão na semana passada.
Também quero cumprimentar o Deputado Carlos Zarattini, Relator da Medida Provisória nº 664, de 2014, que, discordando inclusive da orientação do partido, apoiou a emenda que nós apresentamos, com a fórmula 85/95.
Portanto, por lealdade, quero deixar registrado, primeiro, a luta importante do Deputado Afonso Florence na consecução deste texto que estamos aprovando. Que o Senado possa aprova-lo na semana que vem, inclusive ratificando aquilo que já foi definido, com o compromisso de não haver veto por parte do Governo.
Portanto, Deputado Zarattini, Deputado Florence, meus cumprimentos a ambos os Relatores, que, tanto na MP 664/14 quanto na MP 676/15, cumpriram os desígnios, respeitando sem dúvida nenhuma os trabalhadores brasileiros. Cumprimento publicamente o Deputado Zarattini e o Deputado Florence, porque foi extremamente importante poder garantir a extensão da fórmula 85/95 até o final de 2018, e a partir daí, a cada 2 anos, um novo ponto. Aqueles que viviam alardeando que o que íamos fazer já na MP 664/14 geraria déficit de 3,02 trilhões enfiem a viola no saco e vão reclamar em outro lugar.
Parabéns, Deputado Florence!