CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 28.2021 Hora: 20:08 Fase:
Orador: Data: 30/03/2021

 A SRA. ERIKA KOKAY (PT - DF. Pela ordem. Sem revisão da oradora.) - Presidente, o PL 1.011 é absolutamente fundamental para que possamos fazer justiça a uma série de categorias. Eu gostaria de pontuar duas categorias. Uma é a dos rodoviários. Hoje mesmo, um infectologista aqui da Universidade de Brasília se posicionava sobre a necessidade de priorizarmos a vacinação dos rodoviários e das rodoviárias, que estão todos os dias circulando, assegurando o direito fundamental de ir e vir, transportando vidas, e estão sob um risco muito profundo e muito ameaçador.
Também quero destacar os profissionais do SUAS. Os profissionais do SUAS são aqueles que constroem direitos de forma muito concreta. Eles estão nos CRAS e CREAS, no momento em que a fome volta a assolar o Brasil e que há tanto abandono e tanta orfandade neste País, inclusive a orfandade de uma Presidência da República que possa gerir o enfrentamento da pandemia.
Por isso, Presidente, eu gostaria de realçar essas duas categorias, a dos rodoviários e rodoviárias e a dos profissionais do SUAS, que estão construindo direitos, muitas vezes, com os fios de uma sociedade tão injusta e assegurando a dignidade humana. Os profissionais do SUAS compõem uma das categorias que mais assegura direitos no Brasil, a partir da reconceituação da assistência social no País. Por isso, os profissionais do SUAS, os rodoviários e as rodoviárias precisam ser prioridade na vacinação, porque priorizam a vida no dia a dia, no seu cotidiano laboral.