CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 25.2019 Hora: 13h44 Fase:
  Data: 14/03/2019

Sumário

Orientação de bancada na votação do Projeto de Decreto Legislativo nº 1.020-A, de 2018, sobre a aprovação do texto do Acordo acerca da instituição da Fundação Internacional UE-ALC, assinado em São Domingos, República Dominicana, em 25 de outubro de 2016. Repúdio à divulgação de notícias falsas pela Presidência da República. Impedimento, pela base governista, da investigação do assassinato da Vereadora Marielle Franco.

 A SRA. ERIKA KOKAY (PT - DF. Pela ordem. Sem revisão da oradora.) - O PT vota "sim".
O Presidente da República, nesta condição, divulga um vídeo com cenas pornográficas, e agora dizem que a culpa é da Oposição?
Por 13 anos, ou mais que isso, nós ocupamos a Presidência da República, coisa que nunca havia acontecido no Brasil! Nunca havia acontecido no nosso País a Presidência do Brasil divulgar um vídeo ou uma notícia falsa. De cada 10 mensagens encaminhadas pelo Presidente Bolsonaro, 6 são mentirosas!
Eu nunca vi uma base do Governo e Parlamentares ficarem tão nervosos e indignados porque nós queremos que se investigue quem mandou matar Marielle. Deveriam se somar a esta iniciativa. Deveriam vestir esta camiseta. Mas, quando tentam impedir esta investigação, é porque seguramente querem proteger a Presidência da República.


ORIENTAÇÃO DE BANCADA, PDC 1020/2018, PROJETO DE DECRETO LEGISLATIVO, PARTIDO DOS TRABALHADORES (PT), VOTO FAVORÁVEL. NOTÍCIA FALSA (FAKE NEWS), JAIR BOLSONARO, PRESIDENTE DA REPÚBLICA, GOVERNO FEDERAL, GESTÃO, CRÍTICA. MARIELLE FRANCO, EX-VEREADOR, RIO DE JANEIRO (RJ), HOMICÍDIO, ELUCIDAÇÃO, NECESSIDADE.
oculta