CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 213.3.55.O Hora: 18:52 Fase:
Orador: Data: 14/08/2017

O SR. SUBTENENTE GONZAGA (PDT-MG. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, dialoguei com o nosso companheiro, o Deputado Delegado Edson Moreira, sobre o modelo de polícia no Brasil, e penso de forma exatamente oposta à do seu raciocínio.
Quero chamar a atenção desta Casa para o fato de que o Brasil é o único país da América Latina que mantém o modelo de polícia partida. Nos demais países e também nos da Europa funciona, e muito bem, o modelo de Polícia de Ciclo Completo. Com esse modelo, o índice de elucidação de crimes é acima de 80%. Entretanto, no Brasil, esse índice de elucidação dos crimes de homicídio não passa de 8%, e, dos crimes contra o patrimônio, esse índice é de 3%.
Portanto, o que está errado no Brasil é o modelo de atuação das polícias. É por isso que estamos aqui defendendo a Proposta de Emenda à Constituição nº 431, de 2014, que propõe a adoção de Polícia de Ciclo Completo, porque, no Brasil, 68% dos inquéritos conduzidos pelos delegados para apurar crime de homicídio não chegam a lugar nenhum.
Sr. Presidente, o que está errado é o modelo de polícia no Brasil.