CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 212.2019 Hora: 14h48 Fase:
  Data: 08/08/2019

Sumário

Indignação do orador com a retirada, pelo Governo Federal, de recursos da área educacional para o pagamento de emendas orçamentárias aos Deputados favoráveis à reforma previdenciária.

 O SR. ELIAS VAZ (PSB - GO. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, o que me traz hoje a esta tribuna é o tema do PLN 18/2019, que foi apresentado ontem no Congresso Nacional. Esse projeto trata de crédito suplementar de 3 bilhões de reais. A imprensa divulgou que essa quantia serviria para contemplar as emendas parlamentares dos Deputados que teriam votado favoravelmente à reforma da Previdência.
Sr. Presidente, o grave nessa situação é que 1 bilhão e 100 milhões de reais seriam retirados da educação para atender a essa reivindicação dos Parlamentares. Sinceramente, eu me recuso a acreditar que Parlamentares desta Casa vão colocar as suas digitais numa situação criminosa como essa.
Em Goiás, o Instituto Federal Goiano terá um corte de 4 milhões e 200 mil reais; o Instituto Federal de Goiás terá um corte de 1 milhão e 600 mil reais; a Universidade Federal de Catalão terá um corte de 2 milhões e 118 mil reais. Isso tudo é para custeio, Sr. Presidente. A Universidade Federal de Jataí terá um corte de 2 milhões e 118 mil reais e a Universidade Federal de Goiás terá um corte de 3 milhões e 456 mil reais.
Por último, a Universidade Estadual de Goiás - UEG, numa rubrica que apoia o ensino superior não federal, terá um corte de 3 milhões de reais.
Sr. Presidente, é inadmissível essa situação! A educação tem que ser prioridade. Não podemos tirar dinheiro da educação para fazer politicagem! Esta Casa tem que dar um basta nessa situação e reprovar esse projeto.
Muito obrigado.


PEC 6/2019, PROPOSTA DE EMENDA À CONSTITUIÇÃO, REFORMA PREVIDENCIÁRIA (2019), APROVAÇÃO, CORRELAÇÃO, PLN 18/2019 CN, PROJETO DE LEI DO CONGRESSO NACIONAL, CRÉDITO SUPLEMENTAR, EDUCAÇÃO, RECURSOS, GESTÃO, JAIR BOLSONARO, PRESIDENTE DA REPÚBLICA, GOVERNO FEDERAL, ATUAÇÃO, AVALIAÇÃO NEGATIVA. EDUCAÇÃO SUPERIOR, UNIVERSIDADE FEDERAL DE GOIÁS (UFG), PREJUÍZO, CRÍTICA.
oculta