CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 212.2019 Hora: 14:28 Fase:
Orador: Data: 08/08/2019

 O SR. BENES LEOCÁDIO (PRB - RN. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. Deputadas, Srs. Deputados, subimos mais uma vez à tribuna para trazer a nossa preocupação em relação à publicação, nesta semana, através do Atlas da Violência, de registros absurdos e números que cada vez mais nos assustam e nos trazem a preocupação de vir à tribuna da Câmara dos Deputados reforçar, reivindicar, lutar para que esta Casa possa realmente priorizar, discutir e trazer para a votação final, no plenário, determinados projetos de lei que venham efetivamente ajudar a combater a violência em nosso País.
E trago aqui esse registro porque, ontem, aconteceu mais uma chacina lá no Rio Grande do Norte, na cidade de Touros, onde a vida de quatro jovens foi ceifada pela violência, pela bandidagem. Infelizmente, é corrente assistirmos diariamente, não só nesta Casa mas também em outras tribunas, outros noticiários telejornalísticos do País, à disparada da violência, que, infelizmente, nós sabemos, não é fácil de combater nem debelar.
Mas é papel nosso, é dever nosso também vir aqui trazer as sugestões que possam minimizar, diminuir essa crescente violência que vemos no Rio Grande do Norte, no Nordeste, no Brasil.
Trago como sugestão que o Presidente da Câmara dos Deputados possa definir com o colegiado de Líderes por meio de quais projetos se pode endurecer mais a lei ou oferecer melhores condições para o aparato de segurança pública do nosso País. Mais uma vez, reforço que o Ministério da Justiça tem hoje 1 bilhão e 100 milhões contingenciados. Infelizmente, nós não sabemos em que momento vai ser definida como prioridade da área econômica do Governo Federal a liberação desses recursos, para que se possa atender Estados e Municípios, a fim exatamente de combater essa violência em nosso País.
Sr. Presidente, quero agora registrar que aconteceu o XV Encontro Nordestino do Setor de Leite e Derivados - ENEL. Parabenizo a todos aqueles que participaram desse evento, que reuniu todas as pessoas ligadas ao setor produtivo do leite no Nordeste brasileiro. De 5 a 7 de agosto, na cidade de Parnamirim, no Rio Grande do Norte, foi realizado esse evento de grande porte, incentivando a produção e fazendo com que os agricultores e produtores pudessem receber orientação técnica, em favor de melhor desenvolvimento e maior geração de empregos na zona rural. E no campo existe também, infelizmente, o problema da falta de segurança, o que nos preocupa.
Muito obrigado, Sr. Presidente.