CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 202.3.54.O Hora: 20:02 Fase: OD
Orador: ARLINDO CHINAGLIA, PT-SP Data: 09/07/2013

O SR. ARLINDO CHINAGLIA (PT-SP. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, primeiro, eu quero responder ao Líder do DEM e, de forma combinada, ao Líder da Minoria.

Ao se afirmar que houve gravações do Governador Eduardo Campos, é preciso provar. É bom registrar que o próprio Governador jamais veio a público, sequer em reservado, com tal tipo de disparate.

Olhe a informação que até o momento foi confirmada: a de que, de fato, quatro agentes da ABIN estavam lá no Porto de Suape. E criou-se uma dúvida. A resposta dada pelo General, Ministro da área, foi a de que aquilo é um trabalho usual da própria ABIN.

Portanto, eu creio que não é apropriado alguém se esconder, para tirar do Parlamento brasileiro a altivez que ele tem que ter, para, na minha opinião, defender o indefensável.

Em que pese a minha opinião, como Líder do Governo, eu libero a bancada.