CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 158.2019 Hora: 15:00 Fase: PE
Orador: MARCELO CALERO, CIDADANIA-RJ Data: 18/06/2019

O SR. MARCELO CALERO (CIDADANIA - RJ. Sem revisão do orador.) - Presidente, muito obrigado. Eu queria repercutir aqui algo que já está nas redes sociais. O Sr. Roberto Alvim chamou agora há pouco artistas, todos os atores, diretores de teatro, dramaturgos que se alinham aos valores conservadores no campo de arte e do teatro para que enviem mensagens para teatrobrasileirodearte@outlook. Estamos montando um grande banco de dados de artistas de teatro conservadores: "Vamos criar uma máquina de guerra cultural".

Ao que parece, esse Sr. Roberto Alvim, Presidente, vai assumir um cargo na Secretaria Especial de Cultura do Governo. O que estamos vendo aqui? É algo de sinal trocado, ou seja, passamos por um momento de ideologização, segundo dizem, e agora continuamos na ideologização, só que com sinal inverso? Eu realmente fico muito preocupado com esse tipo de mensagem, Presidente. Acho que nós estamos enveredando por um caminho muito perigoso.

Neste final de semana, o Presidente disse que tinha que armar a população para que ela combatesse um eventual golpe de Estado. Eu não consigo entender realmente e acho preocupante.

Agora, ao mesmo tempo, gostaria de reiterar o meu apoio ao Ministro Sergio Moro e à Operação Lava-Jato. Estive com o Ministro na última quinta-feira. Acho que ele vem fazendo um trabalho digno e que merece o nosso suporte.

Não poderia deixar de comentar também algo que eu acabei de passar na Comissão Mista da Medida Provisória 878, referente ao IPHAN. O Governo atuou lá no sentido de retirar uma emenda que eu havia apresentado e que o Relator a certa altura havia acolhido, e me pareceu bastante inoportuna a atuação da Líder do Governo nesta Casa, a Deputada Joice Hasselmann. Com todo o respeito, a Deputada atropelou uma negociação que nós já vínhamos fazendo com o IPHAN e com o Relator. E ela fez isso em nome não nem de quê. Eu acho que é bastante claro que, apesar de o meu partido ser independente - e eu, em particular -, nós votamos com o Governo. Eu tive acesso aos dados do Basômetro do Estadão, e votamos com o Governo em mais de 80% dos casos, porque são pautas econômicas, e nós temos compromisso com o Brasil, não temos compromisso com o Governo.

Eu fico me perguntando: a boa política não demandaria uma articulação do Governo ou um contato da Deputada Joice Hasselmann para que tentássemos chegar a bom termo nessa questão do IPHAN? Nós sabemos que o IPHAN tem papel essencial, Sr. Presidente, em várias Prefeituras Brasil afora no andamento de obras do PAC das Cidades Históricas, por exemplo, e de outros programas. Essa é uma demanda dos nossos Prefeitos e, portanto, da nossa população e do nosso Brasil. Então, nós temos que fortalecer esse órgão que presta um serviço de extrema relevância ao País. E, mais do que isso, o Governo tem que aprender a cumprir acordos nesta Casa. Se eventualmente não puder cumpri-los, o Governo tem que fazer uma abordagem aos Deputados, especialmente aqueles que oferecem apoio ao Governo nas matérias econômicas.

Muito obrigado, Sr. Presidente.