CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 131.2.55.O Hora: 20:40 Fase:
Orador: Data: 31/05/2016

O SR. NELSON MARCHEZAN JUNIOR (PSDB-RS. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, eu quero repetir que o voto "sim" ao requerimento de urgência é o voto "não" para os servidores dos Municípios de V.Exas. É o voto "não" para aqueles que não conseguem sequer se cadastrar no Bolsa Escola, no Bolsa Família, porque não há mais recursos.
Eu não sei nos Municípios de V.Exas., mas no meu, Porto Alegre, para uma consulta com traumatologista, com um clínico, com um médico especialista em alguma área da Medicina, há uma espera de 2 a 3 anos - 3 anos! Eu voto "sim" por esse paciente. Eu voto "sim" por quem entra nessa fila. Eu voto "sim" por aquela criança de 1, 2, 3 anos que não tem uma vaga na creche, que custa 400 reais por mês.
Vamos votar "sim" para os brasileiros mais necessitados, e não só necessitados do Estado, mas necessitados do mínimo para a sobrevivência humana, da decência, do alimento.
O voto "sim" para esse cidadão será dado por quem votar "não" neste botão aqui. Quem votar "sim" para a urgência desses projetos estará dizendo que não é urgente, que não é importante.
Eu lamento que, às 22h30min, esta Casa esteja votando requerimentos de urgência para aumentar o salário de quem ganha 25 mil reais por mês, para aumentar o salário de quem ganha 30 mil reais por mês, para aumentar o salário de quem tem a grande maioria de suas despesas diárias de sobrevivência pagas pelo Estado, através de auxílios e de algumas mordomias, às vezes até ilegais.
Eu lamento que hoje estejamos mais uma vez virando a cara para o verdadeiro interesse público, para o verdadeiro interesse da D. Maria, do Sr. Pedro, do Sr. João, que não têm como vir aqui fazer lobby nos corredores e nos gabinetes de V.Exas.