Seminário "Preservação da Memória Institucional: Perspectivas e Interdisciplinaridades"

Imagem do evento

A Câmara dos Deputados realizará no período de 19 a 23 de novembro de 2018, das 9h às 17h, no auditório do Cefor e com abertura no auditório Nereu Ramos, o Seminário "Preservação da Memória Institucional: Perspectivas e Interdisciplinaridades", uma iniciativa do Centro de Documentação e Informação (CEDI) e do Centro de Formação, Aperfeiçoamento e Treinamento (CEFOR) da Câmara dos Deputados. O seminário reunirá gestores e especialistas do poder legislativo e de diversas instituições públicas brasileiras custodiantes de bens culturais (tais como bibliotecas, arquivos e museus), de forma a abrir canais de discussão técnica e científica sobre a preservação, o acesso e a fruição da memória institucional, em especial, da memória legislativa.

Inscrições encerradas


Seminário na Câmara debate preservação da memória institucional

Evento vai reunir gestores e especialistas do Legislativo e de outras instituições públicas custodiantes de bens culturais

A Câmara dos Deputados realiza, de 19 a 23 de novembro, o seminário "Preservação da Memória Institucional: Perspectivas e Interdisciplinaridades". O evento reunirá gestores e especialistas do Poder Legislativo e de diversas instituições públicas brasileiras custodiantes de bens culturais - como bibliotecas, arquivos e museus -, com o intuito de abrir canais de discussão técnica e científica sobre a preservação, o acesso e a fruição da memória institucional, em especial, da memória legislativa.

Serão debatidos temas como a conservação e a restauração de acervos, a educação patrimonial e a tecnologia digital. A programação inclui oficinas, minicursos e visitas guiadas às galerias, reservas técnicas e laboratórios da Câmara dos Deputados, Senado Federal e Tribunal de Contas da União (TCU).

Inscrições

As inscrições referentes à participação nos painéis e palestras para o público externo já se esgotaram.

ATENÇÃO: As inscrições para as oficinas e as visitas guiadas devem ser feitas presencialmente, no balcão localizado na entrada do auditório, no dia 19 de novembro. As vagas são limitadas.

As inscrições para o público interno da Câmara serão abertas em 1º de novembro.


SERVIÇO

Seminário Preservação da Memória Institucional: Perspectivas e Interdisciplinaridades

Data: de 19 a 23 de novembro de 2018
Horário: das 9h às 17h30
Local: Câmara dos Deputados


 

Assessoria de Imprensa
Secretaria de Comunicação Social
E-mail: imprensa@camara.gov.br
http://twitter.com/CamaraDeputados
Tel: (61) 3216-1507 / 1807 /1506

 

PROGRAMAÇÃO

 

19/11/2018, segunda-feira
Local:
Auditório Nereu Ramos -  Câmara dos Deputados - Palácio do Congresso Nacional - Praça dos Três Poderes -  Anexo II- Brasília, DF - Brasil

9h às 9h30 - Cadastramento

9h30 - Solenidade de abertura

11h30 - Palestra 1 

Memória Institucional e prática de colecionar

·    Paulo Knauss, Diretor do Museu Histórico Nacional (Ibram/MinC)


 

12h às 13h – CAFÉ DE BOAS-VINDAS

Local: Auditório CEFOR
St. de Garagens e Manutenção Norte - Complexo Avançado da Câmara dos Deputados - Brasília - DF

13h - Abertura do auditório

13h30 - Cadastramento

14h – Painel I:
Gestão de Acervos Culturais

·         Câmara dos Deputados - André Freire da Silva, Diretor do Centro de Documentação e Informação (CEDI) da Câmara dos Deputados

·         Senado Federal - Wênis de Almeida, Coordenador-Geral da Secretaria de Gestão de Documentação e Informação do Senado Federal (SGIDOC), substituindo a Diretora da Secretaria, Dinamar Cristina Pereira Rocha

·         Tribunal de Contas da União (TCU) - Flavia Lacerda Franco Melo Oliveira, Diretora do Centro de Documentação do Tribunal de Contas da União em substituição

·         Presidência da República - João Carlos Ramos Magalhães, Coordenador da Comissão de Curadoria do Palácio do Planalto e Palácio da Alvorada, Diretor-Adjunto da Diretoria de Documentação Histórica do Gabinete Pessoal do Presidente da República

·         Governo do Distrito Federal – Jomar Nickerson de Almeida, Superintendente do Arquivo Público do Distrito Federal

·         Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) - Ana Claudia Magalhães, Conservadora / Restauradora de Bens Culturais Móveis do DEPAM/IPHAN

 

15h30 - Perguntas da plateia

15h45 - Palestra 2
A Preservação de Acervos Institucionais

·         Antônio Thomaz Lessa Garcia Junior, Diretor no Gabinete Pessoal do Presidente da República

16h - Perguntas da plateia

16h15 - Coffee-break

16h30 - Palestra 3
A Aplicação do Gerenciamento de Risco na Câmara dos Deputados

·         Juçara Quinteros de Farias, Chefe do Serviço de Preservação da Câmara dos Deputados

 

16h50 - Perguntas da plateia

17h - Encerramento do dia

 

20/11/2018, terça-feira
Local da manhã
: Salas de aula do CEFOR
Atenção: as oficinas ocorrem simultaneamente

9h às 12h - Oficina 1, Sala 39
Gerenciamento de Risco – do diagnóstico à ação

·       Juçara Quinteros de Farias, Chefe do Serviço de Preservação, e Gilcy Rodrigues Azevedo, Chefe da Seção de Conservação e Restauração da Câmara dos Deputados

 

9h às 12h - Oficina 2, Sala 38
Salvamento de documentos em caso de sinistro com água

·       Fernanda Tozzo, Especialista em conservação e restauração

 

10h30 às 10h45h - Coffee-break

Almoço livre

 

Local da tarde: Auditório do CEFOR

14h – Painel II:
Desafios e Oportunidades da Preservação Digital

·         Direitos Autorais e de Imagem - Christiano Vítor de Campos Lacorte, Diretor, Núcleo de Tecnologia, Comunicação e Relações Institucionais (Nutec/CEDI) da Câmara dos Deputados

·       Gestão de Acervos Digitais - Miguel Ángel Márdero Arellano, Coordenador da Rede Cariniana do IBICT

·       Curadoria Digital - Aquiles Alencar Brayner, Diretor da Calímaco: Gestão de Acervos Digitais

·       Preservação Digital na Câmara dos Deputados - Jose Raymundo Ribeiro Campos Filho, Preservação Digital da Câmara dos Deputados

 

15h - Perguntas da plateia

15h15 - Coffee-break

15h40 - Palestra 4:
Política Nacional de Educação Museal

·       Renata Bittencourt, Coordenadora do Departamento de Processos Museais do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram)

 

16h00 - Caso de estudo:
Programa “Arte por Toda a Casa

·         Gilcy Rodrigues Azevedo, Chefe de Seção de Conservação e Restauração, Câmara dos Deputados

 

16h20 - Perguntas da plateia

16h40h - Encerramento do dia

 

21/11/2018, quarta-feira
Local da manhã
: Salas de aula do CEFOR
Atenção: as oficinas ocorrem simultaneamente

9h às 12h - Oficina 3, Sala 38
Diretrizes de Criação de Políticas de Preservação Institucionais

·         Gilcy Rodrigues Azevedo, Chefe de Seção de Conservação e Restauração, Câmara dos Deputados

 

10h30 às 10h45h - Coffee-break

9h às 12h - Oficina 4, Sala 42
Como Criar um Plano Museológico

·       Luciana Palmeira da Silva, Coordenadora, Coordenação de Acervo Museológico do Ibram

 

10h30 às 10h45h - Coffee-break

Almoço livre

 

Local da tarde: Auditório do CEFOR

14h – Painel III:
Diálogos Interdisciplinares

·       Arquivologia - Vanderlei dos Santos, Diretor da Coordenação de Arquivo da Câmara dos Deputados

·       Biblioteconomia - Rodrigo Rabello, Professor adjunto na Faculdade de Ciência da Informação na Universidade de Brasília (UnB)

·       Museologia - Andréa Fernandes Considera, professora do Curso de Museologia da Universidade de Brasília (UnB)

·      Ciência da Informação - Mariana Brandt, bibliotecária e arquiteta de informação da Câmara dos Deputados

·       Conservação/ Restauração - Juçara Quinteros de Farias, Chefe do Serviço de Preservação da Câmara dos Deputados

 

15h15 - Caso de estudo:
A experiência em Gestão Compartilhada do Centro de Documentação e Informação

·       Adolfo Furtado, ex-diretor do CEDI e Consultor Legislativo da Câmara dos Deputados, idealizador da Arquitetura da Informação nesta Instituição.

 

15h30 - Perguntas da plateia

15h40 - Coffee-break

16h - Palestra 5

História Pública e Cidadania Cultural: Preservando a Memória Institucional

·         José Ricardo Oriá Fernandes, Consultor Legislativo da área de educação e cultura da Câmara dos Deputados

 

16h30 - Perguntas da plateia


17h - Encerramento e avisos

 

22/11/2018, quinta-feira
Local
: Coordenação de Preservação de Conteúdos Informacionais (Cobec)
Centro de Documentação e Informação (Cedi)
Ponto de encontro: Foyer do  Anexo II

Atenção: as oficinas 5 e 6 ocorrem simultânea e alternadamente, pela manhã e à tarde,
de modo a que os interessados possam participar das duas.


9h às 13h - Oficina 5, Laboratório de Restauração
Higienização e Pequenos Restauros de Documentos em Papel - Noções básicas (4h)

·       Ronaldo Machado Carneiro, restaurador da Câmara dos Deputados

 

9h às 13h - Oficina 6, Laboratório de Digitalização
Digitalização de Documentos

·       Francisco de Jesus N. Carvalho, Diretor da Coordenação de Preservação de Conteúdos Informacionais

 

14h às 18h - Oficina 5, Laboratório de Restauração
Higienização e Pequenos Restauros de Documentos em Papel - Noções básicas (4h)

·       Ronaldo Machado Carneiro, restaurador da Câmara dos Deputados

 

14h às 18h - Oficina 6, Laboratório de Digitalização
Digitalização de Documentos

·     Francisco de Jesus N. Carvalho, Diretor da Coordenação de Preservação de Conteúdos Informacionais

 

23/11/2018, sexta-feira
Opções simultâneas de visitação

9h às 11h - Visita técnica aos acervos da Câmara e Senado (30 pessoas)

11h30 às 12h30 – Visita às galerias e reserva técnica do Tribunal de Contas da União (30 pessoas)

Ponto de encontro: saída a partir do Senado Federal, local a ser informado posteriormente. O transporte entre Senado e Câmara, bem como entre Câmara e TCU, será providenciado pelo evento.

9h30 às 11h - Visita guiada: roteiro temático do Centenário de Athos Bulcão (1h30), saída do Salão Negro (14 pessoas).


Importante:

·        Inscrições online (que referem-se unicamente à programação de painéis e palestras que ocorrem de 19 a 21 de novembro) já foram encerradas para o público externo. Reiteramos que as inscrições para as oficinas (manhãs dos dias 20 e 21; manhã e tarde do dia 22) e as visitas guiadas (manhã do dia 23) devem ser realizadas presencialmente, no balcão à entrada do auditório, no dia 19 de novembro

·         As inscrições para as oficinas e visitas guiadas se darão por ordem de chegada.

·         Vagas limitadas.

·         O ingresso às dependências da Câmara dos Deputados se dá mediante registro à entrada. Por favor, lembre-se de ter consigo um documento de identificação.

·         Programação sujeita a alteração.


 ***
Em caso de dúvida, contate a Coordenação de Preservação de Conteúdos Informacionais, telefones (61) 3216-5853 ou 5854.
***


PERFIS DOS PALESTRANTES


Adolfo Furtado, consultor legislativo da Câmara dos Deputados, idealizador da Arquitetura da Informação nesta Instituição. 
Mestre em Economia do Setor Público pela Universidade de Brasília (UnB) e graduado em Ciências Econômicas pela Universidade Federal do Ceará (UFC). É consultor legislativo da Câmara dos Deputados, onde esteve à frente do Centro de Documentação e Informação (Cedi) de 2007 a 2015. Foi o idealizador da Arquitetura da Informação na Câmara dos Deputados e promotor da arquitetura da informação no Cedi.


Ana Cláudia Magalhães, Conservadora / Restauradora de Bens Culturais Móveis do DEPAM/ Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN). 
Graduada em Arquitetura e Urbanismo pela UFAL, com Mestrado e Doutorado na mesma área, e especialização em Conservação e Restauração de Bens Culturais Móveis pelo CECOR/UFMG. Trabalha na sede do Iphan em Brasilia e está lotada no Departamento do Patrimônio Material e Fiscalização/Coordenação Geral de Conservação do Patrimônio Material, atuando com os bens culturais móveis e integrados tombados. 


André Freire da Silva, Diretor do Centro de Documentação e Informação (Cedi) da Câmara dos Deputados. MBA em Governança Legislativa pelo Cefor da Câmara dos Deputados e especialista em Processo Civil pelo Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP). Bacharel em Direito pelo Centro Universitário do Distrito Federal (UDF) e em Arquivologia pela Universidade de Brasília (UnB). Professor de Gestão de Documentos em cursos preparatórios para concursos públicos. Analista legislativo na área de documentação e informação legislativa da Câmara dos Deputados. Foi Diretor da Coordenação de Arquivo (Coarq) entre 2013 e 2015 e atualmente é diretor do Centro de Documentação e Informação (Cedi).


Andréa Fernandes Considera, professora do Curso de Museologia da Universidade de Brasília (UnB). 
Museóloga pela Universidade Estácio de Sá, bacharel e mestre em História pela Universidade Federal Fluminense e doutora em História Cultural pela Universidade de Brasília. Foi museóloga do Museu Acadêmico da Academia Militar das Agulhas Negras (Resende-RJ); museóloga pesquisadora da Fundação Biblioteca Nacional (Rio de Janeiro-RJ); diretora do Centro Histórico Mackenzie (São Paulo-SP); e técnica junto ao Centro Nacional de Arqueologia do Iphan (Brasília-DF). É professora do Curso de Museologia da Universidade de Brasília, onde leciona desde 2010 as disciplinas do eixo “teoria e prática museológica”. Foi Presidente do Conselho Regional de Museologia da 4ª Região, é Conselheira do Conselho Federal de Museologia e membro do ICOM.


Antônio Thomaz Lessa Garcia Junior, Diretor no Gabinete Pessoal do Presidente da República. 
Graduado em Direito pela Universidade Federal do Paraná. Mestre em Defesa e Segurança Hemisféricos pelo Colégio Interamericano de Defesa - Titulação com Honra. Pós-Graduado em Gestão de Recursos de Defesa pela National Defense University, Washington DC e em Docência e Ensino Superior (ICESP – Brasília). Atuou em organismo multilateral na área de defesa, a Junta Interamericana de Defesa, ligada à Organização dos Estados Americanos - OEA até julho de 2016. Nomeado em agosto de 2017 Coordenador-Geral do Gabinete do Ministro da Justiça e Cidadania e posteriormente Chefe de Gabinete Substituto. Nomeado Diretor no Gabinete Pessoal do Presidente da República, na Presidência da República, em novembro de 2016.


Aquiles Alencar Brayner, Diretor da Calímaco: Gestão de Acervos Digitais. 
Doutor em Literatura Brasileira pelo King's College/ University of London e mestre em Biblioteconomia e Ciência da Informação pela City University London. Foi Curador Digital na British Library de 2006 a 2018, tendo participado em vários programas e atividades relacionadas a serviços e coleções digitais, incluindo projetos de digitalização, criação e controle de metadados, formação de bibliotecários e pesquisadores na utilização de conteúdos digitais, e concepção e desenvolvimento de plataformas interoperáveis para disseminação e agregação de acervos eletrônicos entre bibliotecas no Reino Unido e no exterior. Ocupou o posto de Pesquisador em Residência na Fundação Biblioteca Nacional do Brasil e atualmente é diretor da empresa Calímaco, especializada na consultoria em programas de Curadoria Digital para instituições culturais e centros de pesquisa.


Christiano Vítor de Campos Lacorte, Diretor, Núcleo de Tecnologia, Comunicação e Relações Institucionais (Nutec/CEDI) da Câmara dos Deputados. 
Mestre em Direito, Estado e Sociedade pela Universidade Federal de Santa Catarina. Graduado em Ciências Jurídicas pelo Instituto de Educação Superior de Brasília (IESB) e bacharel em Ciências da Computação pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp). Pós-graduado (especialização) em Tecnologias da Informação pela Uneb/ITEI. Cursos de extensão em Direito da Tecnologia da Informação (FGV) e Direitos Autorais (FGV). Autor de artigos sobre Direito da Informática, Direito Administrativo e Direitos Autorais. É diretor do Núcleo de Tecnologia, Comunicação e Relações Institucionais - Nutec/CEDI da Câmara dos Deputados.


Fernanda Tozzo Machado, Especialista em conservação e restauração.
Doutoranda em Preservação de Design pela FAU/USP; Mestre em Cultura, Cidade e Patrimônio (IFCH/UNICAMP); Especialista em Conservação-Restauração de Bens Culturais Móveis (UFMG/CECOR); graduada em Design (FAAP/SP). Aperfeiçoamento no ICCROM/Itália e INP/França, em Sharing Conservation Decision. Consultora em preservação de arte contemporânea, design e arquivos para coleções particulares e instituições. Trabalhou pelo IPHAN/SP no tratamento emergencial da tragédia da cidade de S. Luiz do Paraitinga, SP, pela recuperação dos documentos do cartório de registro civil e no Fórum. O trabalho no Fórum rendeu à Juiz Dra. Renata Carvalho o Prêmio Nacional Innovare de Boas Práticas, recuperando 82% dos documentos. Trabalhou na recuperação emergencial dos arquivos que sofreram enchentes no Fórum da Comarca de Franco da Rocha, SP e nas cidades de Itajubá e Cristina, MG.


Flavia Lacerda Franco Melo Oliveira, Diretora do Centro de Documentação do Tribunal de Contas da União em substituição. 
Doutora e mestre em Ciência da Informação/Arquitetura da Informação, e especialista em Gestão de Tecnologia da Informação pela UnB. Auditora de Controle Externo do TCU desde 2005. Atuou na área de gestão de TI de 2006 a 2014, foi diretora do Centro de Documentação em 2014 e diretora-geral do Instituto Serzedello Corrêa de 2015 a 2016. Atualmente é chefe da Biblioteca do TCU.


Francisco de Jesus N. CarvalhoDiretor da Coordenação de Preservação de Conteúdos Informacionais da Câmara dos Deputados.
Diretor da Coordenação de Preservação de Conteúdos Informacionais desde 2009, coordena as áreas de preservação do patrimônio cultural, digitalização, microfilmagem e preservação digital. Especialista em língua portuguesa com ênfase em produção de texto, participou de cursos e treinamentos em gestão de pessoas, planejamento estratégico, governança,  gestão de riscos, gestão de contratos, gestão arquivística  e preservação digital.


Gilcy Rodrigues Azevedo, Chefe de Seção de Conservação e Restauração (Cobec/CEDI), Câmara dos Deputados. 
Especialista em Preservação de Acervos de Ciência e Tecnologia pelo MAST-RJ; Políticas públicas pela UnB, Políticas Públicas para a Educação pela Universidade Cândido Mendes e graduada em Letras Literatura pela UnB. Participou da criação de várias políticas internas na Câmara dos Deputados, inclusive a Política de Preservação, além da criação e realização da Campanha de Educação Patrimonial – Arte por toda a Casa - Este patrimônio também é seu. Foi palestrante em diversos eventos e publicou artigos e títulos como: “Building Preservation in a Political Institutional”; “A Implantação de Políticas de Preservação em Instituições Governamentais”; “Os Desafios da Conservação Preventiva” e  “Guia de Preservação do Patrimônio Cultural da Câmara dos Deputados”.

          

Gustavo de Britto Freire Pacheco, Subsecretário do Patrimônio Cultural do Distrito Federal.
Possui graduação em Direito pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1995), Mestrado em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (1998) e Doutorado em Antropologia Social pelo Museu Nacional-Universidade Federal do Rio de Janeiro (2004). É diplomata de carreira desde 2006. Como antropólogo, tem experiência em antropologia da religião, antropologia das populações afro-brasileiras, etnomusicologia e cultura popular. Como diplomata, tem trabalhado na área ambiental, em particular no campo da biodiversidade e conhecimentos tradicionais associados, e na área cultural. Desde 2016 é Subsecretário do Patrimônio Cultural do Distrito Federal.


João Carlos Ramos Magalhães, Coordenador da Comissão de Curadoria do Palácio do Planalto e Palácio da Alvorada, Diretor-Adjunto da Diretoria de Documentação Histórica do Gabinete Pessoal do Presidente da República. 
Economista formado pela UnB e mestre pela Escola de Pós-Graduação em Economia- EPGE da Fundação Getúlio Vargas. Pesquisador do Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas com trabalhos publicados nas áreas de Macroeconomia Aberta, Desenvolvimento Econômico, Economia Urbana e Economia Regional. É autodidata em História do design,  Indústria nacional de mobiliário moderno e em processos de restauração.


Jomar Nickerson de Almeida, Superintendente do Arquivo Público do Distrito Federal.
Formado em Administração pela Associação de Ensino Unificado do Distrito Federal (AEUDF), com especialização em Políticas Públicas e Gestão Documental. Desde outubro de 1993 atua como servidor do Arquivo Público do Distrito Federal, no cargo efetivo de Gestor Público. Em 2016 assumiu a superintendência da instituição."


Jose Raymundo Ribeiro Campos Filho, Preservação Digital (Cobec/CEDI) da Câmara dos Deputados. 
Graduado em Administração de Empresas pela Universidade de Pernambuco e Mestre em Administração de Empresas pela Universidade Federal de Pernambuco. Analista de Finanças e Controle da Controladoria-Geral da União de 2005 a 2008 e Auditor Federal de Controle Externo do tribunal de Contas da União de 2008 a 2013, tendo atuado nas áreas de controle interno e externo, finanças, recursos humanos e governança. É Analista Legislativo da Câmara dos Deputados, responsável pelo projeto de Preservação Digital do Centro de Documentação e Informação - CEDI.


José Ricardo Oriá Fernandes, Consultor legislativo da área de educação e cultura da Câmara dos Deputados.
Consultor legislativo da área de educação e cultura da Câmara dos Deputados. Historiador e advogado. Mestre em Direito pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e Doutor em História da Educação pela Universidade de São Paulo (USP). Autor de livros didáticos para o ensino fundamental e de artigos sobre a relação do ensino de História e a preservação do patrimônio cultural, na perspectiva multidisciplinar da “Educação Patrimonial” ou “Educação para o Patrimônio”. Realizou estágio de pós-doutorado em História na Universidade Federal Fluminense (UFF), no ano de 2016.É membro da Comissão Curadora do Centro Cultural Câmara dos Deputados. 


Juçara Quinteros de Farias, Chefe do Serviço de Preservação da Câmara dos Deputados.
Graduada em Química pela Universidade Católica, Brasília. Especialista em Instituições e Processos Políticos do Legislativo pelo CEFOR/CD. Mestre em Conservação de Bens Culturais pela University of Canberra Austrália.  Participou do curso Reducing Risks  to Cultural Heritage ministrado pelo ICCROM e CCI, sendo responsável pelo desenvolvimento do programa de gerenciamento de riscos do patrimônio cultural da Câmara dos Deputados. Foi palestrante em diversos eventos, incluindo IFLA, ICCROM e AIC, divulgando as metodologias e processos de trabalho desenvolvidos pela Coordenação de Preservação de Conteúdos Informacionais.


Luciana Palmeira da Silva, Coordenadora, Coordenação de Acervo Museológico do Ibram.
Graduação em Museologia pela Universidade Federal da Bahia e Especialização em Metodologia do Ensino Superior.  Técnica em Assuntos Culturais - Museóloga do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram/MinC), Coordenadora de Acervo Museológico do Departamento de Processos Museais (DPMUS)  do Ibram/MinC. Experiência na área Museologia com ênfase em gestão e planejamento museológico, controle, conservação, segurança e proteção dos bens culturais museológicos e educação museal.


Mariana Brandt, bibliotecária e arquiteta da informação (CEDI) da Câmara dos Deputados. 
Graduada em Biblioteconomia pela Universidade de Brasília, mestre em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília, aluna de doutorado em Ciência da Informação na Universidade Estadual Paulista, UNESP (ingresso em 2016). Atualmente encontra-se no cargo público de analista em documentação e informação legislativa Centro de Documentação e Informação da Câmara dos Deputados, atuando em projetos de Arquitetura da Informação. 


Miguel Ángel Márdero Arellano, Coordenador da Rede Cariniana do IBICT.
Formou-se em Antropologia Social do Instituto Nacional de Antropologia e História (1985), mestrado em Ciências da Informação da Universidade de Brasília (1998) e doutorado em Ciências da Informação da Universidade de Brasília (2008). Ele trabalha no Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (IBICT) desde 1997, É Tecnologista Senior é coordenador da Rede Brasileira de Preservação Digital Serviços CARINIANA. Ele é editor pelo Brasil do repositório internacional E-LIS. É membro do Standing Committee of Preservation and Conservation da IFLA (2017-2021). Tem experiência na área de Ciência da Informação, com ênfase na preservação digital, em particular nas seguintes áreas: sistemas eletrônicos de gestão da informação, publicações científicas eletrônicas, Open Journal Systems OJS, Dataverse, ICA-AtoM, Archivematica, repositórios digitais confiáveis, sistemas preservação digital distribuídos, LOCKSS e auditoria de repositórios digitais. 


Paulo Knauss, diretor do Museu Histórico Nacional.
Doutor em História, Professor do Departamento de História da Universidade Federal Fluminense e exerce atualmente o cargo de Diretor do Museu Histórico Nacional, unidade vinculada ao Instituto Brasileiro de Museus (Ibram). Já foi membro do Conselho Nacional de Arquivos - Conarq e do Conselho Nacional de Políticas Culturais (CNPC). Sócio do Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro – IHGB e do Comitê Brasileiro de História da Arte (CBHA) e diversas outras agremiações acadêmicas. É representante do Instituto Brasileiro de Museus - Ibram no Conselho Nacional de Pesquisa (CNPq). Tem pesquisas no campo as relações entre história e historiografia, cidade e memória, arte e cultura visual, coleções e práticas de colecionar. É autor de vários trabalhos, tendo publicado, mais recentemente, em co-autoria com Daryle Willams e Amy Chazkel, o livro The Rio de Janeiro Reader – history, culture, politics (Duke University Press).


Renata Bittencourt, Diretora do Departamento de Processos Museais do Instituto Brasileiro de Museus (Ibram).
Renata Bittencourt é doutora em história da arte pela Unicamp e gestora cultural. É Diretora de Processos Museais no Instituto Brasileiro de Museus, tendo sido Secretária da Cidadania e da Diversidade do Ministério da Cultura. Respondeu pelo Departamento de Formação da Secretaria de Estado da Cultura de São Paulo, e  ocupou a Gerência responsável pelos projetos nacionais de educação do Itaú Cultural. Foi contemplada pela Associação Paulista dos Críticos de Arte (APCA) e pela Fulbright.


Rodrigo Rabello, Professor adjunto na Faculdade de Ciência da Informação na Universidade de Brasília (UnB).
Graduação em Biblioteconomia pela Unesp. Doutorado em Ciência da Informação por esta universidade. Pós-doutorados em Ciência da Informação realizados no Ibict e na UnB. Trabalhou no Ibict como consultor Unesco e como bolsista/pesquisador CNPq. Faz parte da equipe de editores do E-LIS no Brasil. Área de interesse: Fundamentos Teóricos da Informação e da Ciência da Informação.


Ronaldo Machado Carneiro, restaurador da Câmara dos Deputados.
Restaurador graduado em Conservação e Restauro pela UNIEURO-DF e pós-graduado em Administração Pública, trabalhando desde 1998 na Seção de Conservação e Restauração, onde é responsável pela restauração de documentos em papel, pergaminho, livros e encadernações.


Vanderlei Batista dos Santos, diretor da Coordenação de Arquivo (Coarq/CEDI) da Câmara dos Deputados.
Arquivista, mestre e doutor em Ciência da Informação pela Universidade de Brasília. Membro da Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos do Conselho Nacional de Arquivos (Conarq), diretor da Coordenação de Arquivo da Câmara dos Deputados. Autor de livros como “Gestão de documentos eletrônicos: uma visão arquivística”, organizador e um dos autores do livro “Arquivística: temas contemporâneo e de vários artigos técnicos arquivísticos”. Docente em cursos de pós-graduação em Ciência da Informação e consultor em projetos de gestão de informação.


Wênis de Almeida, Coordenador-Geral da Secretaria de Gestão de Documentação e Informação do Senado Federal (SGIDOC), substituindo a Diretora da Secretaria.
Analista Legislativo do Senado Federal desde agosto de 2012. Atuou como Coordenador do Arquivo do Senado Federal e hoje é Coordenador-Geral da Secretaria de Gestão de Documentação e Informação da Instituição. Bacharel em Arquivologia pela Universidade de Brasília – UbB, licenciado em História pelo Instituto de Educação e Ensino Superior de Samambaia, pós-graduado em Gestão Pública pela Faculdade Fortium e pós-graduado em Gestão do Conhecimento, da Informação e Documentação pela AVM Faculdade Integrada.


CEFOR/NUSIS/COATA/CEFOR
 67652

Programação

19/11/2018 09:00 às 13:00 - Auditório Nereu Ramos. Seminário "Preservação da Memória Institucional"

19/11/2018 13:00 às 20:00 - Auditório do CEFOR. Seminário Preservação da Memória Institucional

20/11/2018 13:00 às 18:00 - Auditório do CEFOR. Seminário "Preservação da Memória Institucional"

21/11/2018 13:00 às 18:00 - Auditório do CEFOR. Seminário Preservação da Memória Institucional