Enquete do PL 2271/2022

Resultado

Resultado final desde 19/08/2022

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 90 2%
Concordo na maior parte 7 0%
Estou indeciso 0 0%
Discordo na maior parte 24 0%
Discordo totalmente 6.993 98%

O que foi dito

Pontos mais populares

Nao tem nada de positivo!! Que desrespeito à classe farmacêutica que investiu muito além de dinheiro mas de tempo..5 anos de faculdade fora os cursos de especializações!! Respeitem o farmacêutico

Maraya Barros 22/08/2022
161

Desrespeito total com todos os farmacêuticos que se dedicaram durante 5 anos e se qualificaram para ter a responsabilidade técnica de uma drogaria. Além de muitas não pagarem o piso, ainda querem retirar nossos direitos

Andre X 22/08/2022
118

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 10 de 596 encontrados.

Baixar
  • Ponto negativo: Como pode querer comprar um nível técnico ao nível superior, governadores precisamos de Leis que realmente façam sentidos!!!

    Vitor Ribeiro dos Santos 26/08/2022
    1
  • Ponto negativo: Uma vergonha, estão querendo acabar com uma profissão?

    Samuel Ferreira Samuel 26/08/2022
    2
  • Ponto negativo: Totalmente absurda, desvalorização do profissional qualificado.

    Bruno Muchale 25/08/2022
    1
  • Ponto negativo: Acho impressionante como algo tão abominável vem a ser colocado em votação, pior que isso, só vender medicamentos em supermercados…

    EDSON PONTE SALES 25/08/2022
    1
  • Ponto negativo: Sou balconista de farmácia e sou totalmente contra esse projeto de lei. A presença do FARMACÊUTICO (A) na drogaria é indispensável.

    Alexsandro Franco Alex 25/08/2022
    2
  • Ponto negativo: Desrespeito com a classe Farmacêutica e com a população que se beneficia todos os dia com os cuidados que esse profissional proporciona. Farmácia é estabelecimento de saúde!!!!!!! Não, mil vezes não!!

    Mary Barros 25/08/2022
    1
  • Ponto positivo: Vergonha, isso não vai acontecer, afronta contra toda a população. Só aceita quem se formou em técnico em farmácia. De resto é uma afronta.

    Luciano Ramos 25/08/2022
    0
  • Ponto negativo: Além de ser uma absurda desvalorização ao profissional farmacêutico que tanto estuda e se dedica, e com todo respeito ao profissional técnico, mas não existe preparo desse profissional pra ligar com atenção e assistência farmacêutica! É entregar um trabalho extremamente importante é delicado nas mãos de quem não está preparado. Isso é um atentado à saúde.

    Thainá Pontes 25/08/2022
    2
  • Ponto negativo: Desrespeito total com a classe farmacêutica e com a população. Não milhares de vezes a esse absurdo que querem fazer !

    Rosa Emilia 25/08/2022
    0
  • Ponto positivo: Falta de respeito com o profissional que lutou por 5 anos para formar e agora um técnico assumir...#não concordo.....

    Fabricio Carvalho 25/08/2022
    2

Enquetes populares nesta semana

  1. PEC 14/2021

    Altera o art. 198 da Constituição Federal para estabelecer o Sistema de Proteção Social e Valorização dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, a aposentadoria especial e exclusiva, e fixar a responsabilidade do gestor local do SUS pela regularidade do vínculo empregatício desses profissionais.

  2. PDL 6/2024

    Susta os efeitosdo inciso I do art. 38 do Decreto nº 11.615, de 21 de julho de 2023, que regulamenta a Lei nº 10.826, de 22 de dezembro de 2003,para excluir exigência de distanciamento de entidades de tiro desportivo em relação a estabelecimentos de ensino no País.

  3. PL 2283/2021

    O Projeto de Lei 2283/21 estabelece procedimentos para avaliação de imóveis destinados a órgãos e entidades da administração pública federal no âmbito dos três Poderes (Executivo, Legislativo e Judiciário) e do Ministério Público, inclusive de empresas estatais ou sociedades de economia mista. Conforme o texto em análise na Câmara dos Deputados, as avaliações de bens imóveis serão resultado de análise técnica para identificar valores, custos ou indicadores de viabilidade econômica para determinados objetivos, finalidades e datas. O laudo deverá ser subscrito por engenheiro, arquiteto ou agrônomo. Os procedimentos para a realização do laudo de avaliação de imóveis serão: - análise da documentação disponível; - vistoria obrigatória, salvo exceções justificadas por escrito; - coleta e tratamento de dados; - diagnóstico de mercado; - escolha da metodologia; e - apresentação de resultado da avaliação. “Atualmente, não há nenhuma lei que regule os procedimentos para a avaliação desses imóveis”, afirmou o autor da proposta, deputado Fausto Pinato (PP-SP). “A vistoria é fundamental na apuração do correto valor, já que poderá constatar problemas estruturais e de acabamento ou mesmo irregularidades evidentes.” Tramitação O projeto tramita em caráter conclusivo e será analisado pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei

  4. PL 3949/2023

    Altera a Lei no 7.498, de 25 de junho de 1986, para estabelecer novas regras para a prescrição de medicamentos por enfermeiros autônomos em exercício em consultório ou clínica de enfermagem, bem como penalidades para o descumprimento da norma.

  5. PL 5405/2023

    Esta Lei altera o artigo 108 da Lei nº 10.406, de 10 de janeiro de 2002 (Código Civil), para dinamizar os contratos imobiliários.

  6. PEC 18/2022

    Acrescenta o § 9º-A ao art. 198 da Constituição Federal, para criar piso salarial diferenciado para os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias detentores de formação técnica, nos termos que especifica.