Enquete do PL 2112/2021

Resultado

Resultado final desde 24/06/2021

Opção Participações Percentual
Concordo totalmente 1.469 97%
Concordo na maior parte 8 1%
Estou indeciso 0 0%
Discordo na maior parte 0 0%
Discordo totalmente 23 2%

O que foi dito

Pontos mais populares

Protege mãe e filhos

Ana Paula Galeano 30/06/2021
6

Uma "Coisa EXPERIMENTAL" .... NAO TEM SER DISTRIBUIDA ASSIM .... Grávidas ... Crianças com necessidades .... E ninguém que precise de maiores cuidados deveria tômar isso ... Toma quem quer! Adultos Conscientes....... QUEM VAI ASSUMIR CONSEQUÊNCIAS CASO ALGUMA COISA ACONTEÇA DE RUIM??????? 2022 TEM ELEIÇÃO! ... Repense suas atitudes agora!!!!

Vitoria Bonesi 25/06/2021
4

Todos os pontos levantados pelos usuários

Exibindo resultados 1 a 10 de 143 encontrados.

Baixar
  • Ponto positivo: vacinas não segura para ninguém estudos sobre as lesoes sobre este experimento existem .1956 tentarão vacinar grave estude

    Natanael Custódio Faria Ribeiro 26/07/2021
    0
  • Ponto negativo: essa terapia Gemetica de engenharia mata o Bebê .estudos não existem para este fim vocês querem matar roubar nação .

    Natanael Custódio Faria Ribeiro 26/07/2021
    0
  • Ponto positivo: Protegendo um, automaticamente se protege dois. Uma vacina salva dois!! Vacinas para as lactantes já

    Letícia 19/07/2021
    0
  • Ponto negativo: Como podem vacinar gestantes com uma engenharia genética experimental? E o pior, sem alertá-las para o risco que estão correndo junto com os seus bebês. É um crime contra a humanidade essa vacinação em massa que vcs estão querendo impor à população! A doença tem tratamento, porque querer obrigar experimentos que ja estão causando tantos efeitos adversos a curtíssimo prazo, avaliem o que poderá acontecer no médio e longo prazo.

    Maria Dulce Sampaio 13/07/2021
    1
  • Ponto negativo: Se houvesse vacina segura, que não causasse mortes terríveis como as atuais vem causando, deveria haver disponível para todos. Mas colocar em risco mulheres em gestação, no pós-parto e também os bebês, é muita irresponsabilidade. O pior é o povo não ter informação suficiente. Vacinaram as gestantes com a vacina da Pfizer, no fim de Maio de 2021, quando começou o estudo com 200 voluntárias, não levaram em consideração os riscos em vacinar com vacinas em fase de estudo. Isso é desrespeito imenso.

    Fellipe Lacerda 13/07/2021
    1
  • Ponto positivo: Sou a favor da vacinação de Grávidas,lactantes e puérperas(independente de idade e tempo de gestação ou lactação).Assim,imuniza 2 pessoas ao mesmo tempo e salva pessoas que geralmente correm mais risco. Assim como a de adolescentes...Tenho 17 anos e tenho DPOC,estou sempre na clínica para consulta com pneumologista e fazendo exames sempre,precisando de um acompanhamento de fisioterapeuta,também.Só não faço por medo de complicação devido à Covid...

    Hugo Santana 08/07/2021
    0
  • Ponto negativo: Não há estudos suficientes para a obrigatoriedade da vacina, são vacinas usadas emergencialmente

    Deisy Luiza Guandalin Dal Maso 08/07/2021
    1
  • Ponto positivo: LACTANTE é toda mãe que amamenta com o leite materno independente da idade da criança. Uma vacina salva duas vidas e além disso garante proteção e segurança para a mães que precisam trabalhar e deixar seus filhos em creches ou berçários.

    Fernanda Marques 08/07/2021
    0
  • Ponto positivo: Lactantes devem ser prioridade, bebês não usam máscaras. Queremos proteção pra nossos filhos. Sim ao PL2112

    Bruna Ferreira 08/07/2021
    0
  • Ponto positivo: Com uma vacina mãe e filho estão imunizados. Para doadoras de leite ainda mais crianças serão imunizadas.

    Andressa Cleto 07/07/2021
    0

Enquetes populares nesta semana

  1. PL 2717/2019

    O Projeto de Lei 2717/19 define a saúde estética como área de atuação de biólogos, biomédicos, enfermeiros, farmacêuticos, fonoaudiólogos e fisioterapeutas. Conforme o texto, o profissional deve ter título de especialidade regulamentado pelo respectivo conselho de fiscalização. A proposta está em tramitação na Câmara dos Deputados. Segundo o autor, deputado Fred Costa (Patriota-MG), há insegurança jurídica nesse segmento. “A ideia é permitir que esses profissionais exerçam seus conhecimentos em saúde estética, desde que dentro dos limites da área de atuação, da formação profissional e das diretrizes curriculares”, afirmou. Tramitação A proposta tramita em caráter conclusivo e será analisada pelas comissões de Trabalho, de Administração e Serviço Público; de Seguridade Social e Família; e de Constituição e Justiça e de Cidadania.

  2. PLP 235/2019

    O Projeto de Lei Complementar (PLP) 235/19, já aprovado pelo Senado, cria o Sistema Nacional de Educação (SNE), com o objetivo de alinhar, harmonizar e articular políticas, programas e ações da União, dos estados, do Distrito Federal e dos municípios na área educacional. A proposta está agora em análise na Câmara dos Deputados. Pelo texto, a ideia é universalizar o acesso à educação básica e garantir padrão de qualidade; erradicar o analfabetismo; assegurar as oportunidades educacionais; articular níveis, etapas e modalidades de ensino; cumprir planos de educação nos entes federativos; e valorizar os profissionais da educação, entre outras ações. Como princípios e diretrizes do SNE, são mencionadas a igualdade de condições para acesso e permanência na escola, na alocação de recursos e na definição de iniciativas; a articulação entre escola, trabalho e prática social; e ações inclusivas para alunos e populações de comunidades tradicionais, indígenas e quilombolas. Entre os objetivos, estão universalizar o acesso à educação básica, erradicar o analfabetismo e fortalecer os mecanismos redistributivos, todos com qualidade. Fazem parte desses dispositivos a assistência técnica, pedagógica e financeira; a infraestrutura física, tecnológica e de pessoal; e a participação democrática nos processos. Estados, Distrito Federal e municípios terão até dois anos para aprovar legislação específica para criação dos respectivos sistemas estaduais, distrital e municipais de educação. O Ministério da Educação deverá prestar assistência a todos. “O Sistema Nacional de Educação poderá representar um estímulo ao princípio da colaboração entre governos na adoção de políticas educacionais”, afirmou o autor da proposta, senador Flávio Arns (Podemos-PR), ao defender as mudanças. Tramitação O projeto tramitará em conjunto com iniciativa da Câmara (PLP 25/19) e será analisado pelas comissões de Educação; de Finanças e Tributação; e de Constituição e Justiça e de Cidadania. Depois seguirá para o Plenário.     Saiba mais sobre a tramitação de projetos de lei complementar

  3. REQ 201/2023 CE

    Requer a realização de Audiência Pública no âmbito da Comissão de Educação para discutir o Projeto de Lei nº. 2304/2019.

  4. PEC 14/2021

    Altera o art. 198 da Constituição Federal para estabelecer o Sistema de Proteção Social e Valorização dos Agentes Comunitários de Saúde e Agentes de Combate às Endemias, a aposentadoria especial e exclusiva, e fixar a responsabilidade do gestor local do SUS pela regularidade do vínculo empregatício desses profissionais.

  5. PL 4476/2023

    Estabelece a definição de moedas sociais, bem como regula a sua emissão e transação através da tecnologia de registro distribuído.

  6. PRL 3 CIDOSO => PL 9003/2017

    Parecer da Relatora, Dep. Tereza Nelma (PSD-AL), pela aprovação deste, e do PL 6764/2016, apensado, com substitutivo.