Saúde

Câmara promove “Outubro Rosa” para conscientizar sobre prevenção e diagnóstico do câncer de mama

29/09/2021 - 08:20  

A Câmara dos Deputados, por meio da Secretaria da Mulher, promove uma série de eventos alusivos à campanha mundial de conscientização sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama – o “Outubro Rosa”. Durante todo o mês, serão realizadas audiências públicas, comissão geral, campanhas informativas, exposição, iluminação especial dos prédios do Congresso, entre outros eventos.

As ações no Congresso terão o apoio das comissões dos Direitos da Mulher, Seguridade Social e Família e da Comissão Especial de Combate ao Câncer no Brasil; da Frente Parlamentar Mista da Saúde, da Frente Parlamentar Mista da Luta contra o Câncer, dos grupos de trabalho de Saúde e dos Desafios da Oncologia no Brasil. O “Outubro Rosa” é realizado em parceria com o Senado, por meio da Procuradoria Especial da Mulher e da Liga do Bem.

O principal objetivo da iniciativa é alertar mulheres e a sociedade em geral para o papel da prevenção e do diagnóstico precoce da doença no aumento das chances de cura e na redução da mortalidade.

Confira a programação na página da Secretaria da Mulher no portal da Câmara.

Doações
Durante a campanha deste ano, ocorre a quarta edição da campanha de doação de lenços para mulheres e crianças com câncer, iniciada pela Liga do Bem, que reúne colaboradores do Senado e pessoas da comunidade que integram o grupo Amigos da Liga do Bem, formado por voluntários que arrecadam lenços e outros itens que, depois de higienizados, são doados para pacientes de câncer. A Câmara dos Deputados participa da iniciativa com a disponibilização de caixas para arrecadação das peças nas entradas da Casa.

Podem ser doados lenços, bonés, bandanas, laçarotes, toucas, faixas, perucas, apliques e mechas de cabelo, tiaras e afins, que serão destinados à Rede Feminina de Combate ao Câncer e ao Hospital da Criança de Brasília José Alencar. Incrementando o projeto Outubro Rosa, este ano a Liga do Bem também iniciará campanha de arrecadação permanente de absorventes femininos. As primeiras beneficiárias serão as escolas Meninos e Meninas do Parque da Cidade; Cívico Militar (CCMDF CED 01), da Estrutural; e Casa Flor, de Taguatinga, que atende mulheres vítimas de violência.

Estatísticas
No Brasil, as campanhas de prevenção são realizadas desde 2002, e, recentemente, a conscientização sobre o câncer de colo de útero também passou a integrar as atividades desenvolvidas durante o “Outubro Rosa”. Nos dois casos, a pandemia de Covid-19 dificultou o acesso ao diagnóstico de prevenção.

O câncer de mama é o segundo tipo que mais acomete as mulheres brasileiras, representando em torno de 25% de todos os cânceres que afetam o sexo feminino, ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. A doença também é a primeira causa de morte por câncer na população feminina em todas as regiões do Brasil, exceto na região Norte, onde o câncer do colo do útero ainda ocupa o primeiro lugar.

Nos homens, o câncer de mama é raro, representando menos de 1% do total de casos da doença. Existem vários tipos de câncer de mama. Alguns evoluem de forma rápida; outros, não. A maioria dos casos tem bom prognóstico.

Em 2021, foram estimados 66.280 novos casos de câncer de mama, o que representa uma taxa de incidência de 43.74 casos por 100.000 mulheres (INCA, 2020). A incidência do câncer de mama tende a crescer progressivamente a partir dos 40 anos, assim como a mortalidade por essa neoplasia (INCA, 2019).