Comunicação

Canal de checagem da Câmara completa um ano de atividade

21/10/2020 - 16:27  

O Comprove, canal de checagem de notícias relacionadas à Câmara dos Deputados, completou um ano em operação no dia 25 de setembro com a marca de mais de 3.200 demandas recebidas, originadas de 1.278 cidadãos. Desse total, 1.106 foram tratadas pelos demais canais de atendimento da Casa, pois se encontravam fora do escopo; 145 notícias foram checadas e respondidas pela equipe.

Os três principais tipos de ocorrência atendidos – com 18% de participação, cada – trataram de dúvidas sobre aprovação ou rejeição de propostas legislativas, atividade parlamentar e processo legislativo. Em um ano, as páginas do Comprove no Portal da Câmara alcançaram mais de 57.700 visualizações.

Iniciativa da Secretaria de Participação, Interação e Mídias Digitais (Semid), com o apoio da direção da Casa, a ferramenta é pioneira no âmbito do Poder Legislativo no Brasil e está entre as primeiras no mundo.

O canal tem o objetivo de oferecer ao cidadão uma ferramenta para esclarecer dúvidas sobre conteúdos recebidos pelas redes sociais ou divulgados em sites da Internet. O Comprove é destinado exclusivamente a checar a veracidade de notícias relacionadas a atividade, estrutura e administração da Câmara dos Deputados ou aos deputados federais no desempenho de sua função regimental. Não são apuradas opiniões, tendências ou conceitos amplos, bem como atos praticados em âmbito privado, em atividades nos estados de origem ou anteriores ao mandato.

De acordo com o resultado da apuração, a notícia verificada recebe o selo "É fato", "É falso" ou "É impreciso", acrescido da respectiva explicação.

As ocorrências mais relevantes são publicadas na página principal do Comprove, no portal da Câmara, nas redes sociais e no próprio canal no WhatsApp, a fim de facilitar o processo de verificação das fake news e promover mais transparência. Na página do Comprove também há dicas sobre como não se deixar enganar por notícias falsas que circulam nas redes sociais e informações sobre boas práticas de uso da rede mundial de computadores.

Atendimento

As perguntas são encaminhadas por meio do número (61) 99660-2003, via aplicativo WhatsApp. O atendimento pelo canal funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h (horário de Brasília), exceto em feriados.

O WhatsApp foi escolhido para receber as dúvidas dos cidadãos por ser o aplicativo de mensagens mais utilizado no Brasil e por ser fonte primeira de informação por quase 80% dos brasileiros, de acordo com pesquisa realizada pelas Ouvidorias da Câmara e do Senado em 2019.

Motivação e histórico

A desinformação e a polarização causadas pelas fake news, grandemente associadas a temas políticos, têm desafiado comunicadores, especialistas e membros dos Três Poderes nas democracias em todo o mundo, no que eles consideram grave ameaça às instituições, aos processos (em especial o eleitoral) e mesmo aos valores democráticos.

A Câmara dos Deputados decidiu enfrentar essa realidade. Após pesquisa em diversas agências de checagem dentro e fora do Brasil, em busca das melhores práticas, a Semid desenhou o fluxo operacional do canal, em duas frentes: a de atendimento e triagem das mensagens e a de apuração das notícias propriamente dita.

O projeto abrangeu a definição da equipe, das atividades e dos recursos técnicos necessários; a elaboração da identidade visual e das campanhas de divulgação; a configuração do canal no WhatsApp; a criação da página no Portal da Câmara; a formulação da Política de Uso.

Com o Comprove, a Câmara se firma como agência primária de checagem - somando-se aos esforços realizados em diversos países, sendo praticamente pioneira no que se refere aos parlamentos e o primeiro canal legislativo no Brasil –, e ao mesmo tempo reafirma o seu papel institucional perante a sociedade.