Educação

Câmara implanta nova plataforma digital para ensino a distância

16/03/2020 - 11:20  

O Centro de Formação, Treinamento e Aperfeiçoamento da Câmara dos Deputados (Cefor) lançou neste ano nova plataforma digital – Eleve - para os cursos a distância oferecidos pelo órgão a funcionários da Casa e a cidadão comuns. O nome do novo sistema remete à elevação do conhecimento e da aprendizagem.

Foi pensado a partir de três pilares, representados em cada letra “e” do seu nome: educação (focada no desenvolvimento e competência das pessoas); excelência (focada na qualidade de cada entrega de cada produto); espaço (focado no caráter flexível e sem fronteiras do ambiente virtual). A nova plataforma entrou em operação em janeiro. Mais moderna e com usabilidade aprimorada, foi pensada para facilitar o uso por meio de dispositivos móveis, como smartphones e tablets, e para se integrar ao sistema de gerenciamento de cursos do Cefor - o Eduleg.

Os cursos também estão sendo gradativamente adaptados, tanto em formato quanto em conteúdo. No novo ambiente EAD, será possível encontrar em um único lugar todas as informações sobre os cursos: público-alvo, conteúdo programático, carga horária, período de matrícula, calendário com previsão de turmas, além de orientações gerais sobre o assunto.

Atualmente, o Eleve oferece cursos a distância, voltados principalmente para atuação na área legislativa, nas modalidades “autoinstrucionais” e “com tutoria” durante todo o ano. Todos são gratuitos, destinados a três segmentos de público: servidores efetivos, comissionados e secretários parlamentares da Câmara dos Deputados; servidores públicos dos três Poderes (Executivo, Judiciário e Legislativo) nas três esferas administrativas (municipal, estadual e federal); e cidadãos em geral.

Os cursos autoinstrucionais podem ser iniciados a qualquer momento, sem necessidade de o usuário realizar a matrícula. Por sua vez, os cursos com tutoria são oferecidos mediante matrícula em turmas com datas definidas para início e término. Os cursos com tutoria com duração de 60 horas – exclusivos para servidores efetivos, CNEs e secretários parlamentares da Câmara – podem ser realizados para fins de licença para capacitação.

Conheça o Eleve.