Ir para o conteúdo. | Ir para a navegação

  • Retorne o texto ao tamanho normal
  • Aumente o tamanho do texto

Navegação Global

Você está aqui: Página Inicial > Comunicação > Câmara Notícias > TV Câmara > Conheça a TV Câmara
Pesquisar
pesquisa avançada

TV Câmara - Ideias para o Brasil



A TV Câmara foi criada, em 20 de janeiro de 1998, para transmitir as discussões e votações do Plenário e das comissões, dando maior transparência à rede de elaboração das leis que regem o dia a dia da sociedade. A partir de sua missão principal, tornou-se um veículo de promoção dos valores brasileiros e consolidou-se como um canal público de informação e cidadania.

Além de exibir ao vivo todas as sessões do Plenário, as equipes de jornalismo acompanham os trabalhos das comissões permanentes, CPIs, seminários e qualquer manifestação de interesse público. A linguagem recebe especial atenção, para traduzir ao telespectador o processo legislativo e tornar a notícia e a informação claras e acessíveis.

Edições diárias dos telejornais Câmara com Notícia e Jornal da Câmara mostram os bastidores e detalham os assuntos importantes do dia. O Câmara Agora traz flashes ao vivo a qualquer momento da programação. Na sexta-feira, a Revista da Câmara consolida os trabalhos dos deputados na semana.

Programas temáticos e de debates vão ao fundo das questões e ampliam a visão do telespectador, facilitando sua tomada de posição:  Expressão Nacional, Brasil em Debate , Palavra Aberta, Ponto de Vista.

Enfim, uma TV pública, como esta, tem obrigações com a cidadania e a valorização do país, com a difusão de valores éticos, morais, sociais, artísticos e culturais do Brasil. Temas como a democracia, a defesa do consumidor, a proteção ao meio ambiente e o respeito aos direitos do cidadão são mais que um slogan; constituem o compromisso da TV Câmara, como um canal público de qualidade, em oferecer alternativa de boa programação para o brasileiro de todas as regiões e todas as idades.

Cobrindo 100% do território nacional, o sinal da TV Câmara está disponível em redes abertas e por assinatura. Via parabólica, operadoras de TV a cabo ou, no Distrito Federal, em UHF, a programação está no ar 24 horas por dia.

Prêmios

Durante estes quase 20 anos de atividades, a TV Câmara já recebeu prêmios de repercussão nacional pela produção de documentários e reportagens. O Vladimir Herzog, por exemplo, mais importante premiação jornalística da área de direitos humanos do país, já reconheceu sete trabalhos da emissora: em 2004, o prêmio foi para o documentário “Florestan Fernandes – O Mestre” e para a série “Contos da Resistência”, composta de quatro episódios sobre o golpe de 1964 e a redemocratização do país; em 2005, para o documentário “Brasileiros: 100 Dimensão”, sobre reciclagem de lixo, e para a série de reportagens "Índios, 500 anos de resistência"; em 2009, o documentário  "Chico Mendes - Cartas da Floresta" recebeu menção honrosa; e em 2010, para o documentário  "Raça Humana", sobre cotas raciais para ingresso nas universidades públicas e para a série de reportagens "Combate à Tortura", que investigou a tortura praticada em presídios e delegacias.

Outras produções, tanto documentários quanto reportagens especiais produzidas pela equipe de Jornalismo da TV Câmara, também foram condecoradas. Participaram com êxito de festivais de cinema em vários estados do país e também receberam prêmios de Jornalismo. Foram premiados, entre outros, o programa Foco sobre Microcrédito, o programa Comitê de Imprensa e o documentário “A Ilha de Dom Sebastião”.

Acessibilidade

Toda a programação da TV Câmara dispõe de recursos de acessibilidade. As transmissões ao vivo das sessões do plenário e das audiências públicas das comissões, por exemplo, contam com o recurso da legenda oculta (closed caption), assim como os programas gravados exibidos pela emissora. Outra ferramenta de acessibilidade utilizada nas transmissões ao vivo do plenário e de algumas reuniões de comissões é a exibição de uma janela no canto direito inferior da tela, onde aparece o intérprete que faz a tradução para a Língua Brasileira de Sinais (Libras).

Para quem dispõe do sinal digital da TV Câmara, documentários e o programa “Brasil Caipira” são apresentados com um recurso extra: um canal a mais com áudio-descrição, ou seja, a narração dos trechos sem diálogos para auxiliar a compreensão dos deficientes visuais.

Veja aqui a lista com os documentários que têm legenda oculta na versão exibida na TV Câmara.

O Site da TV Câmara

Integrante do portal Câmara Notícias da Câmara dos Deputados, o site da TV Câmara traz para a Internet as transmissões ao vivo feitas por todos os canais da emissora e um imenso arquivo de produções, antigas ou novas, para quem quiser assistir de novo ou em horários diferentes.

Todas as produções são protegidas pela legislação brasileira de direitos autorais, e todas elas (excluídas as produções de terceiros) podem ser usadas livremente por outras emissoras, portais e aplicativos para exibição e streaming de vídeo, escolas e instituições de ensino, publicações multimídia, etc. Salvo indicação em contrário -- como ocorre com os vídeos do Baixe e Use --, todo esse material pode ser utilizado de acordo com a licença de uso Creative Commons BY, que exige apenas que seja dado crédito de autoria à TV Câmara.

Com sua presença na internet, a TV Câmara busca reforçar seu papel de divulgar e universalizar o acesso à informação sobre as atividades da Câmara dos Deputados, estimular a participação e contribuição dos cidadãos a seus programas ao vivo, permitir a pesquisa e a recuperação de informações e permitir a redistribuição ampla e livre de informações que, afinal, são de interesse e propriedade de todos os brasileiros.

  • TV Câmara
    Expediente
    Disque-Câmara: 0800 619 619

Informações de Apoio

Mapa do Portal