CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 322.3.55.O Hora: 16h50 Fase: OD
  Data: 25/10/2017

Sumário

Votação nominal do parecer da Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania com conclusão pela inadmissibilidade da denúncia da Procuradoria-Geral da República e pelo indeferimento da solicitação de autorização para a instauração do Processo nº 2, de 2017, pelo Supremo Tribunal Federal, referente à denúncia formulada pelo Ministério Público Federal em desfavor do Presidente Michel Temer e dos Ministros de Estado, Eliseu Lemos Padilha e Wellington Moreira Franco.

O SR. DELEGADO FRANCISCHINI (SD-PR.) - Sr. Presidente, por uma questão de coerência de quem votou pelo impeachment de Dilma Rousseff, foi às ruas, como muitos, pedir a prisão de Lula, não teria como, representando a minha instituição, Polícia Federal, e o eleitor do meu Estado do Paraná, votar contra...
(Desligamento automático do microfone.)
O SR. PRESIDENTE (Rodrigo Maia) - Como vota, Deputado? (Pausa.) Vota "não".
A SRA. MARIANA CARVALHO - Deputado Delegado Francischini: voto "não". Total: 40 votos "não".


PARECER CONTRÁRIO, COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA E DE CIDADANIA (CCJC), SIP 2/2017, SOLICITAÇÃO PARA INSTAURAÇÃO DE PROCESSO, AUTORIZAÇÃO, INVESTIGAÇÃO, SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL (STF), DENÚNCIA, MINISTÉRIO PÚBLICO FEDERAL (MPF), MICHEL TEMER, PRESIDENTE DA REPÚBLICA, ELISEU LEMOS PADILHA, WELLINGTON MOREIRA FRANCO, MINISTRO DE ESTADO, VOTO CONTRÁRIO.
oculta