CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 221.1.55.O Hora: 17h16 Fase: OD
  Data: 12/08/2015

Sumário

Posição da avicultura brasileira como segunda maior exportadora mundial e do Estado do Paraná como maior produtor nacional de carne de frango. Contribuições da área para a melhoria da balança comercial brasileira e para o desenvolvimento da economia paranaense.

PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO À MESA PARA PUBLICAÇÃO
O SR. GIACOBO
(PR-PR. Pronunciamento encaminhado pelo orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, a avicultura, nos últimos tempos, está se tornando uma atividade econômica com características uniformes e internacionais, movida por expressivo desenvolvimento tecnológico, que, de tão abrangente, diluiu o conceito de fronteira geográfica. Em se tratando de complexo industrial de porte - dados estatísticos atuais assim o demonstram -, não pode ser avaliado tão somente pelo aspecto da produção e da distribuição, pois necessita de uma abordagem sistêmica, comum aos demais conjuntos econômicos.
Entre os segmentos agrícolas de maior expressão, destaca-se a avicultura como exemplo de integração e interdependência econômica. O agronegócio engloba a produção bem como a agroindústria e o fluxo de produtos até o consumidor final.
Atualmente, o setor vive um momento de integração vertical entre a agroindústria - empresas processadoras - e o produtor rural, com reais benefícios para as partes. Assim, a avicultura brasileira desenvolveu produtividade e qualidade semelhantes às dos países mais avançados do mundo, gerando renda decorrente de exportação, situando-a como segunda maior exportadora mundial.
As atividades avícolas também são responsáveis em larga escala pela criação de empregos e geração de renda no campo. O sistema adotado atende muito bem às pequenas propriedades, tendo em vista que, independentemente de fatores sazonais, permite o desenvolvimento simultâneo de outras opções no setor.
Importante mencionar, ainda, que o mercado internacional tem absorvido o excedente da produção brasileira, contribuindo para a melhoria na balança comercial e para o aumento dos ganhos de produtividade, por meio do acesso da indústria nacional a novas tecnologias e diferentes padrões de consumo.
De acordo com os Profs
. Norberto Martins Vieira e Roberto Serpa Dias, da UFV:
"A cadeia produtiva da carne de frango é um exemplo de sucesso no complexo agroindustrial brasileiro. Nos últimos anos, sofreu uma estruturação em todos os elos da cadeia: dos insumos agrícolas e pecuários, passando pelo desenvolvimento genético e adequação sanitária, pelo aumento e modernização do abate e da industrialização, até o desenvolvimento da logística de transporte e distribuição.
A integração vertical contribuiu para o desenvolvimento da indústria avícola
, uma vez que induziu à rápida adoção de tecnologia para um melhor controle da matéria-prima, economias de escala, redução de custos e diminuição de riscos na atividade, conferindo, assim, maior competitividade ao produto brasileiro.
Após fomentar a expansão do mercado interno, o setor iniciou sua incursão no mercado internacional e teve um crescimento que se processou de forma segura, firmando-se como um competidor internacional destacado."

Sr
. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, no Paraná, a produção de ovos e frangos de corte está disseminada em todas as regiões. Para se tornar o maior produtor nacional de carne de ave, o Estado se vale da plantação de milho à fabricação de ração. As áreas de produção respondem por 550 mil empregos, e 5% da população do Estado se beneficiam dessa renda. Os Municípios de Lapa, Piraí do Sul e Dois Vizinhos são polos destacados de produção de carne de frango. Onde os abatedouros se instalaram houve considerável aumento da arrecadação tributária. Como consequência, o Paraná é hoje o maior produtor nacional de carne de frango.
Muito obrigado.



AVICULTURA, EXPORTAÇÃO, AVE, PARTICIPAÇÃO, BALANÇA COMERCIAL, DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO, PARANÁ, ELOGIO.
oculta