CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 204.3.55.O Hora: 14h24 Fase: PE
  Data: 08/08/2017

Sumário

Crítica ao resultado da participação das Forças Armadas brasileiras na invasão a morro no Rio de Janeiro.

O SR. ALBERTO FRAGA (DEM-DF. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, na semana passada eu elogiei aqui o Presidente Michel Temer, na medida em que colocou as Forças Armadas para ajudar a população do Rio de Janeiro.
Ocorre que, no sábado, o Governo do Rio de Janeiro fez uma operação utilizando 5 mil homens e apresentou como resultado dessa blitz a apreensão de duas armas de fogo.
Sr. Presidente, isso é brincar! É algo que deixa todos nós desmotivados: 5 mil homens para apreender duas armas de fogo? A Polícia Militar, quando sobe o morro, levando tiro, sendo ignorada pela sociedade, sendo desprotegida pelo seu Governo, consegue apreender fuzis. Mas usar 5 mil homens? Vejam o que se gastou!
Vou apresentar o resultado ao meu amigo Ministro da Defesa Raul Jungmann.
Eu acho que isso tem que ser repensado. O Exército tem uma boa inteligência. Usem o sistema de inteligência do Exército, o da Marinha e invadam o morro na hora em que tiverem certeza de que vão apreender, pelo menos, um número significativo de armas que justifique o emprego de 5 mil homens na segurança pública.
Era isso.
Solicito que este pronunciamento conste nos Anais da Casa e seja divulgado no programa A Voz do Brasil.
Muito obrigado, Sr. Presidente.



INDIGNAÇÃO, FALTA, PROPORCIONALIDE, NÚMERO, ARMA DE FOGO, APREENSÃO, MEMBRO, FORÇAS ARMADAS, OPERAÇÃO POLICIAL, RIO DE JANEIRO (RJ).
oculta