CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 190.3.55.O Hora: 20h36 Fase: OD
  Data: 11/07/2017

Sumário

Contribuição de ato promovido por Senadoras oposicionistas para a aprovação da reforma trabalhista. Orientação de bancada para votação do requerimento de retirada da pauta da Medida Provisória nº 772, de 2017, sobre a alteração da Lei nº 7.889, de 1989, a respeito da inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal.

O SR. ALBERTO FRAGA (DEM-DF. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, nós já temos um entendimento diferenciado: a atitude das Senadoras contribuiu inclusive para aumentar o número de votos a favor da reforma trabalhista.
Até agora não se apresentou o mais virulento daqueles que têm opinião contrária a essa reforma, não apontou nenhum direito do trabalhador que foi retirado com essa reforma. Portanto, esse discurso do PT já caiu no descrédito. Ninguém mais acredita. A atitude das guerreiras Senadoras contribuiu, e muito, para que a reforma trabalhista avançasse e hoje se concretizasse.
Por isso, o trabalhador agora vai ter muito mais opções, vai ter muito mais como dialogar com os seus patrões. Não houve nenhum tipo de perda dos direitos.
O Democratas vota "não".


ORIENTAÇÃO DE BANCADA, REQUERIMENTO, RETIRADA, PAUTA (PROCESSO LEGISLATIVO), MPV 772/2017, MEDIDA PROVISÓRIA, DEMOCRATAS (DEM), VOTO CONTRÁRIO. REFORMA TRABALHISTA, SENADO FEDERAL, APROVAÇÃO, ELOGIO.
oculta