CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 175.1.55.O Hora: 17h18 Fase: OD
  Data: 30/06/2015

Sumário

Desenvolvimento histórico do turismo no mundo. Potencialidades turísticas do Município de Pato Branco, Estado do Paraná.

PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO À MESA PARA PUBLICAÇÃO
O SR. GIACOBO
(PR-PR. Pronunciamento encaminhado pelo orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, corria o ano de 1841 quando o comerciante inglês Thomas Cook, vendedor de bíblias, em momento de rara inspiração, sugeriu a criação do primeiro pacote de viagens. A Inglaterra, naquela ocasião, já era cortada por muitas ferrovias, que promoviam a integração de suas principais cidades. A realização de um simpósio contra o alcoolismo foi a pedra inaugural de uma viagem de trem, com tarifas reduzidas para 500 pessoas, entre duas cidades no centro do país (Leicester e Loughborough). E, assim, nasceu o turismo no mundo.
Características muito específicas tornam o setor turístico bastante peculiar. É de se ressaltar que, embora receba regulação e infraestrutura governamentais, ele compõe-se, em maior parte, da iniciativa privada, que responde por parcela majoritária da criação de empregos, em velocidade uma vez e meia superior à dos demais setores industriais.
Observe-se também que, em termos de preservação ambiental, fica patente a extrema preocupação demonstrada pelo setor, cuja expansão não demanda muitos recursos naturais, tampouco gera aumento da poluição.
É importante lembrar que se trata de uma indústria muito dinâmica, visto que os viajantes constantemente elegem novas e variadas destinações. Por isso, conclui-se que políticas adequadas de investimento podem criar, e geralmente assim o fazem, novos roteiros, a exemplo do que se fez em Dubai e nos Emirados Árabes, na atualidade consideradas verdadeiras potências no setor.
Até metade do século passado, apenas o Canadá, os Estados Unidos, a França, a Itália e a Suíça lideravam o mercado, obtendo, apenas em 2006, 1 bilhão de dólares de receita. Hoje, a esse grupo foram anexados a China, a Turquia, a Ucrânia, a Índia e o Brasil.
No País, com a criação do Ministério do Turismo, de suas Secretarias e da EMBRATUR (1966), passou-se, desde 2003, a tratar a questão como atividade econômica, capaz de gerar empregos e divisas, de forma a incluir socialmente parcela significativa da população.
De 1932 a 1946, sugiram as primeiras e tímidas iniciativas para incentivar o turismo no Paraná. No entanto, as medidas só tomaram corpo em maio de 1969, com o Conselho Paranaense de Turismo (CEPATUR) e a Empresa Paranaense de Turismo (PARANATUR). Em 2013, criou-se, então, a Secretaria de Estado do Esporte e do Turismo, que disciplina a matéria atualmente.
Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, falando de turismo, não poderia finalizar este pronunciamento sem me referir a Pato Branco (PR), cidade em que nasci e vivi parte de minha vida, de grande potencial turístico, localizada no sudoeste do Paraná, com uma população de 78.316 habitantes e índice de desenvolvimento humano de 0,849 - terceiro melhor Município em qualidade de vida no Estado, cujo lema se espelha em estrofe de seu hino:
"Suporte de saber e da cultura,
És altivo, tens de Deus a proteção,
Teu progresso a teu povo enobrece,
Em tua saga a beleza e gratidão."

Muito obrigado.


TURISMO, PATO BRANCO (PR), DESENVOLVIMENTO, EXPECTATIVA.
oculta