CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 140.3.55.O Hora: 13h54 Fase: BC
  Data: 31/05/2017

Sumário

Matéria a favor da renúncia do Presidente Michel Temer, de Rogério Barros Pinto, publicada pelo jornal Destak, do Distrito Federal. Defesa de imediato afastamento do Presidente da República.

O SR. LUIZ COUTO (PT-PB. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, Saída de Temer é a reforma mais urgente. Esse é o título da matéria do editor-adjunto Rogério Barros Pinto, do jornal Destak de Brasília, publicado em 30 de maio de 2017.
Segundo ele, "o cacique peemedebista precisa sair com urgência, seja por renúncia, processo de impeachment ou cassação pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A saída de Temer é hoje a principal reforma de que o Brasil precisa".
Não satisfeito com o Governo Temer, Rogério Barros destaca: "Em qualquer democracia séria, Temer já estaria longe do poder (...) foi flagrado dando aval para pagamento de propina e aplaudindo a compra de juízes. (...) O crime está configurado (...)".
Sr. Presidente, gostaria que este pronunciamento fosse dado como lido e a ele dada publicidade pelos meios de comunicação da Casa, incluindo o programa A Voz do Brasil.

PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO PELO ORADOR

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, Saída de Temer é a reforma mais urgente. Esse é o título da matéria do editor-adjunto Rogério Barros Pinto, do jornal Destak de Brasília, publicada em 30 de maio de 2017.
Segundo ele, "o cacique peemedebista precisa sair com urgência, seja por renúncia, processo de impeachment ou cassação pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral). A saída de Temer é hoje a principal reforma de que o Brasil precisa".
Não satisfeito com o Governo Temer, Rogério Barros destaca: "Em qualquer democracia séria, Temer já estaria longe do poder (...) foi flagrado dando aval para pagamento de propina e aplaudindo a compra de juízes. (...) O crime está configurado (...)".
Sr. Presidente, nos jornais, nos bairros, nas ruas e até nos vilarejos, 95% da população brasileira pede a retirada de Temer do Governo e 99% dos nordestinos solicitam o mesmo. "Quanto mais ele resistir no cargo, pior para o Brasil."
Há homens, senhoras e senhores, que marcam e deixam seu legado com honra. Entretanto, há aqueles que insistem no erro, acham que estão certos e vivem atolados em escândalos de corrupção por todos os lados. Mas, em vez de assumirem, se escondem num mar de lama e mentiras.
Temer é o algoz da economia e do Estado Democrático de Direito. Ao exigir sua saída imediata, o editor-adjunto Rogério Barros Pinto inspira a voz das ruas. Não podemos tratar nosso País como um subterfugio para a sobrevivência de Temer no Governo. Está mais claro, a cada dia, que ele deseja puxar as rédeas do Polícia Federal, salvar a si mesmo, seus aliados, e calar a voz que vem das ruas.
Não! Basta de tanta roubalheira! O Brasil precisa mudar essa página golpista, que transforma nosso País em um Estado de "recessão e exceção". Devemos de fato combater a corrupção. E, para isso, Temer precisa sair, ou choraremos "lágrimas de sangue".
Aos decentes, éticos e verdadeiros, meu expressivo apoio. Aos corruptos, algozes e malandros, meu repúdio e apelo por renúncia.
Era o que tinha a dizer.



GOVERNO, MICHEL TEMER, PRESIDENTE DA REPUBLICA, RENUNCIA, DEFESA.
oculta