CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 081.3.53.O Hora: 10h24 Fase: HO
  Data: 27/04/2009

Sumário

Transcurso do 90º aniversário de fundação do jornal Gazeta do Povo, sediado em Curitiba, Estado do Paraná.

O SR. PRESIDENTE (Osmar Serraglio) - Sras. e Srs. Deputados; demais convidados, que as palavras iniciais desta Presidência sejam de agradecimento ao Deputado Luiz Carlos Hauly pela iniciativa que ensejou esta memorável sessão. Nela poderemos manifestar nossa imensa satisfação em homenagear o jornal Gazeta do Povo, diário marcado, ao longo de sua história, pelo sentido ético da informação veiculada com imparcialidade e profundo respeito ao leitor.
Quando Benjamin Baptista Lins D'Albuquerque e Oscar Joseph De Plácido e Silva lançaram, em 1919, o primeiro exemplar, tinham a convicção formada de que aquele veiculo de comunicação seria porta-voz dos paranaenses na proteção de legítimas causas. Esse compromisso já foi destacado na edição inaugural, em artigo subscrito por Benjamim Lins e com a seguinte ênfase:
"Viverá por si, do povo e para o povo. Renderei graças a Deus se conseguir dar aos leitores informações exatas sobre os acontecimentos do nosso Estado e do nosso País; se puder conservar a linha de independência e imparcialidade de que me tracei. Confio que nenhuma fraqueza me salteará o ânimo; que os interesses dos cidadãos, os interesses dos cidadãos, os interesses das classes, que formam os únicos interesses confessáveis do Estado, encontrarão em mim um analista tão minucioso, um narrador tão sincero, um crítico e conselheiro tão imparcial, como o solicitam as exigências práticas do momento que atravessamos."
Assim idealizado, o jornal Gazeta do Povo, adquirido, em 1962, pelo jornalista Francisco Cunha Pereira Filho, segue seu caminho de exemplar sucesso, que, inclusive, culminou na transformação dessa iniciativa em um dos conglomerados de comunicação nacional de maior expressividade.
Nobres Parlamentares, reunidos na Rede Paranaense de Comunicação — RPC, à qual a Gazeta do Povo pertence, profissionais competentes atuam conscientes da força transformadora da comunicação social.
Sim, choramos com o recente falecimento do jornalista Francisco Cunha Pereira Filho, Diretor-Presidente da RPC, mas sabemos que seu ideal fortalecido estará na incansável busca por avanços sociais e econômicos.
Com justiça, a Gazeta do Povo, com seu eixo jornalístico investigativo e independente, projeta-se como um dos principais jornais não somente do Estado do Paraná, mas do Brasil. Realidade comprovada pelas diversas premiações recebidas nestas 9 décadas de profícuo trabalho. Realidade reafirmada na sua elevada tiragem diária, com quantitativo crescente de leitores, ávidos por informações precisas.
Ao destacarmos a atuação de nossa homenageada, lembremos também de seus projetos sociais de grande amplitude, como é o caso do Ler e Pensar. Promove-se, por intermédio desse projeto, a leitura de jornais entre estudantes, na certeza de que tal estímulo tem forte caráter educativo.
De fato, estimular a leitura e a reflexão nos jovens possibilita a formação de cidadãos cada vez mais críticos e atentos em relação aos inúmeros desafios do mundo moderno. Desafios como o desenvolvimento sustentável em substituição a práticas predatórias, a superação de todas as formas de exclusão social, o enfrentamento da violência, em uma relação ainda mais ampla de temáticas inseridas nos atuais espaços de debate.
Informar para transformar: eis o fundamental desafio lançado!
Sras. e Srs. Deputados, não poderíamos, por tudo isso, deixar de consignar nossos votos de congratulação ao corpo diretor e aos demais profissionais do jornal Gazeta do Povo. Trabalhadores que, com honradez, seriedade e obstinação, escreveram páginas de uma trajetória de inegável sucesso e razão de muito orgulho para todos nós.
O lema, exposto no primeiro editorial, felizmente permanece incólume: "Viver por si, do povo e para o povo!"
Que a presente homenagem simbolize nosso agradecimento ao jornalista e advogado Francisco Cunha Pereira Filho, pelos ideais defendidos com tamanha dedicação. Quanta saudade sentiremos!
Muito obrigado. (Palmas.)



JORNAL, GAZETA DO POVO, PR, HOMENAGEM, ANIVERSÁRIO DE FUNDAÇÃO.
oculta