CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 075.3.55.O Hora: 14h27 Fase: GE
  Data: 12/04/2017

Sumário

Falecimento do ex-Deputado Federal pelo Estado do Acre, João Tota.

PRONUNCIAMENTO ENCAMINHADO À MESA PARA PUBLICAÇÃO

O SR. FLAVIANO MELO (PMDB-AC. Pronunciamento encaminhado pelo orador.) - Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, quero externar meu profundo pesar pela morte, nesta quarta-feira, dia 12, de João Tota, ex-Deputado Federal pelo Acre.
Natural de Teixeira, na Paraíba, Tota, como era mais conhecido
, engenheiro agrônomo de formação, chegou ao Acre em 1968. Tendo se fixado primeiramente em Rio Branco, mudou-se depois definitivamente para Cruzeiro do Sul, onde trabalhou como servidor da EMATER do Acre.
Em 1975, foi nomeado Prefeito de Cruzeiro do Sul, à época área de segurança nacional, pela Aliança Renovadora Nacional - ARENA e permaneceu no cargo até 1985. Em Cruzeiro do Sul, conheceu Maria das Vitórias, natural do Rio Grande do Norte, também servidora da EMATER do Acre, com quem se casou e teve três filhos: Tibério, advogado; Ítalo, engenheiro, e João Tota Filho, advogado.
Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, a gestão de João Tota em Cruzeiro do Sul permitiu sua eleição para Deputado Federal em 1990. Ao todo, foi Deputado Federal por quatro mandatos. Sua esposa, Maria das Vitórias, foi eleita Deputada Estadual por quatro mandatos consecutivos. Seu irmão, o dentista Luiz Helosman, foi Prefeito do Município de Mâncio Lima por três mandatos.
João Tota foi ainda diretor do Departamento de Estradas e Rodagens do Acre - DERACRE e Secretário de Relações institucionais no Governo do Estado.
Pecuarista e empreendedor, Tota deixa uma legião de amigos, correligionários e admiradores de sua competência como administrador e de seu espírito político notadamente articulador

Sr. Presidente, Sras. e Srs. Deputados, o ex-Deputado faleceu no Hospital Sírio-libanês, em São Paulo, onde se encontrava internado há mais de 1 mês, lutando contra um câncer.
João Tota dedicou toda a sua vida pública ao desenvolvimento do Acre, em especial do Vale do Juruá.
O Estado perde um político honrado.

À família, de luto, meus mais sinceros pêsames pela perda do chefe de família, esposo, pai e avô, que sempre considerou o núcleo familiar como seu bem supremo. Possa o Todo Poderoso confortá-los nesta hora de recolhimento e dor.