CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 017.4.55.O Hora: 15h32 Fase: BC
  Data: 28/02/2018

Sumário

Caráter autoritário e arrogante do Prefeito do Município de Aracati, Estado do Ceará.

O SR. JOSÉ AIRTON CIRILO (PT-CE. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, senhores telespectadores de todo o País, particularmente do meu Estado e da minha cidade, venho lutando há muitos anos em defesa do Brasil, do Ceará e, especialmente, de Aracati.
No Governo Dilma, incluímos Aracati no PAC Cidades Históricas, que abrangeu 44 cidades do Brasil inteiro em 20 Estados. No caso do Ceará, três cidades: Aracati, Fortaleza e Sobral.
A Presidente Dilma lançou esse programa, inclusive com a presença do ex-Prefeito de Aracati, Ivan Silvério, em 13 de agosto de 2013. Essa foi uma luta que nós travávamos para garantir essa conquista para a minha cidade.
Vejam bem, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional - IPHAN me encaminhou ofício comunicando que, de ordem da sua direção, devem se encaminhar as informações sobre a obra do Teatro Francisca Clotilde, do Município de Aracati.
A obra foi conquistada no Programa Avançar Cidades, através da Portaria nº 383, de 20 de agosto de 2013, publicada no Diário Oficial em 22 de agosto de 2013. O primeiro empenho dessa obra foi da ordem de R$2.134.147,79. Houve um segundo empenho de R$44.169,17. Ao todo foram empenhados R$2.178, 316,96 para a construção dessa obra na minha cidade.
É bom dizer que o Sr. Prefeito Municipal teve a cara de pau de nem sequer chamar representação do IPHAN para participar da inauguração, e essa obra foi bancada pelo IPHAN. O Prefeito, com cara de pau, inaugurou a obra como se não fosse nada, como se tivesse sido inclusive uma conquista do seu Governo. Na verdade, a única coisa que a Prefeitura fez foi colocar 144 carteiras nesse teatro. Essa foi a parceria com a Prefeitura.
Quando da implantação de um Batalhão de Policiamento de Rondas de Ações Ostensivas e Intensivas - RAIO na minha cidade, esse Prefeito de Aracati, fascista, mau-caráter, teve a cara de pau de me chamar de mentiroso, dizendo que isso não era verdade.
Ora, essa foi uma obra do nosso Governo, da época da Presidente Dilma, e não do Governo desse Prefeito. Tenha vergonha na cara! Inclusive esse cafajeste me chamou de mentiroso.
Por isso trago meu repúdio, nesta manifestação, a esse Prefeito autoritário, arrogante, prepotente, filhote da ditadura, que veio me amedrontar.
Educadamente, fiquei na minha, porque aquele era um ato realizado com a presença do Governador, que estava implantando um RAIO na minha cidade, com a presença do Secretário da Segurança e do Comandante da Polícia Militar. O ato era do Governo do Estado, não da Prefeitura do Município. Ele não teve o mínimo respeito, não teve a hombridade de respeitar nem o Governador nem o Presidente da Assembleia, que estavam lá, e incitou a população a me vaiar.
Daqui vai meu repúdio, Sr. Prefeito. Você não merece o cargo que exerce nessa cidade, a minha cidade histórica. Eu nasci em Aracati, onde me criei e estudei. Não nasci no Rio de Janeiro, não. Portanto, você me respeite, para que seja respeitado. Se não me respeitar por bem, vai me respeitar por mal, porque não vou levar desaforo de um Prefeito da sua qualidade para casa.
Esse é o meu protesto, que quero manifestar a todo o Brasil.



REPÚDIO, ATUAÇÃO, COMPORTAMENTO, BISMARCK COSTA LIMA PINHEIRO MAIA, PREFEITO, ARACATI (CE).
oculta