CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 015.4.55.O Hora: 20h20 Fase: OD
  Data: 27/02/2018

Sumário

Orientação de bancada para votação do requerimento de retirada da pauta da Medida Provisória nº 801, de 2017, sobre a contratação, o aditamento, a repactuação e a renegociação de operações de crédito, a concessão de garantia pela União e a contratação com a União realizadas com fundamento na Lei Complementar nº 156, de 28 de dezembro de 2016, e na Lei Complementar nº 159, de 19 de maio de 2017, e sobre a realização de termos aditivos a contratos de refinanciamento celebrados com a União com fundamento na Lei Complementar nº 148, de 25 de novembro de 2014.

O SR. CHICO ALENCAR (PSOL-RJ. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - O PSOL fica espantado, porque o Governo fala da imprescindibilidade desta medida provisória, que, aliás, já está em vigor desde setembro, mas aqui, para aprová-la com a propalada e confirmada maioria, que nós reconhecemos, demonstra uma firmeza de convicção semelhante a uma estaca no brejo. É impressionante como está relaxado, como deixa para lá, talvez porque os Estados e Municípios realmente necessitados já tenham feito seus acordos.
No caso do nosso combalido e roubado Rio de Janeiro pelo mesmo grupo do PMDB federal, que agora intervém no estadual, a CEDAE está na bacia das almas, os servidores públicos estão sobretaxados e sem receber salários. Todas as maldades da contrapartida estão asseguradas.
O PSOL vota "sim".


ORIENTAÇÃO DE BANCADA, REQUERIMENTO DE RETIRADA DE PROPOSIÇÃO DA ORDEM DO DIA, MPV 801/2017, MEDIDA PROVISÓRIA, PARTIDO SOCIALISMO E LIBERDADE (PSOL), VOTO FAVORÁVEL.
oculta