CÂMARA DOS DEPUTADOS - DETAQ

Sessão: 164.3.53.O Hora: 14h36 Fase: PE
  Data: 30/06/2009

Sumário

Repúdio pelo golpe militar ocorrido em Honduras.

O SR. FERNANDO FERRO (PT-PE. Pela ordem. Sem revisão do orador.) - Sr. Presidente, quero somar-me aos que manifestam repúdio em face do golpe militar que aconteceu em Honduras, que evoca tristes recordações de nosso continente.
Felizmente, vivemos um novo tempo, onde até o Presidente dos Estados Unidos é um dos que reclamam pela democracia e condenam aquela ação golpista.
Portanto, solidarizo-me com o Presidente Lula, que retirou o Embaixador do Brasil daquele país e não permitirá seu retorno enquanto os golpistas perdurarem no poder.
Ao mesmo tempo, apelo para os Estados-membros da Organização dos Estados Americanos, em uníssono, no sentido de que condenem essa prática, para que se restitua a democracia naquele País. Um Presidente legitimamente eleito pelo povo não pode ser deposto. Isso traz péssimas recordações. A cultura política de nosso continente não pode permitir esse retrocesso.
Por isso, repito, quero somar-me a todos os que repudiam aqueles acontecimentos. Acho que esta Casa deve também expressar seu repúdio pelos acontecimentos de Honduras, em nome da democracia, do bem-estar e da tranquilidade de nosso continente.
Muito obrigado, Sr. Presidente.



GOLPE MILITAR, PAÍS ESTRANGEIRO, HONDURAS, REPÚDIO, GOVERNO BRASILEIRO, RETIRADA, EMBAIXADOR.
oculta